Fórmula 1 GP da Áustria

F1 - Norris: "Se Max disser que não fez nada de errado, vou perder muito o respeito por ele"

Britânico da McLaren ainda destacou que o tricampeão destruí o carro que será utilizado na última corrida da rodada tripla, em Silverstone

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20, Lando Norris, McLaren MCL38, make contact whilst battling for the lead of the race

Max Verstappen, Red Bull Racing RB20, Lando Norris, McLaren MCL38, make contact whilst battling for the lead of the race

Foto de: Andy Hone / Motorsport Images

Lando Norris e Max Verstappen batalharam de forma intensa pela vitória durante o GP da Áustria de Fórmula 1. O resultado? Punição de 10s para o holandês e um abandono para Norris, que não saiu nada feliz com a maneira que a sua prova foi finalizada e disse que o tricampeão não reconhecer o erro, ele irá "perder muito o respeito" pelo piloto da Red Bull. 

Leia também:

Depois de perder toda a gordura construída na corrida por conta de um erro no pit stop, Verstappen precisou fugir e se defender de Norris durante toda a etapa final da corrida no Red Bull Ring. As investidas do piloto britânico na curva 1 só pararam quando o holandês acabou 'fechando' demais a porta para o rival e os dois colidiram.

Verstappen foi punido por ter sido apontado como o culpado, 10s, e Norris, por conta dos danos no carro precisou abandonar. Em entrevista após a corrida, o britânico foi incisivo em relação ao comportamento do rival da Red Bull. 

"Se ele (Max) disser que não fez nada de errado, vou perder muito respeito."

"Eu não sei o que dizer. Decepcionado. Nada mais do que isso, honestamente. Foi uma boa corrida. Estou ansioso por uma batalha justa. Uma batalha forte e justa. Mas eu não diria que foi isso que aconteceu no final. Então, sim, é difícil de aceitar. Foi uma corrida sem erros da minha parte. Senti que fiz um bom trabalho, mas fui retirado da corrida."

A penalização, por não ter deixado espaço suficiente para Norris fazer a ultrapassagem, não interferiu na posição final de Verstappen. Mas o britânico não achou nada justo, uma vez que desde o começo da batalha entre eles, o piloto da McLaren estava destacando no rádio o comportamento errático de Max.

"Há uma regra. Você não tem permissão para se mover depois... você não tem permissão para reagir ao outro piloto e foi isso que ele fez, três em cada três vezes. Duas vezes consegui evitar e não esbarrar nele. E na terceira vez, ele simplesmente me encontrou. Ele era claramente muito mais lento no final. Ele arruinou sua própria corrida tanto quanto arruinou a minha."

"Ele arruinou minha corrida, destruiu meu carro, essas são as melhores partes do carro que vão direto para o lixo. Não temos muito espaço na batalha em que estamos, em termos de atualizações e limite de orçamento. Meu carro inteiro está destruído e essas são todas as peças que precisamos para a próxima semana. Não é apenas uma repercussão do que acontece na pista, é tudo o que temos que carregar em Silverstone e ficar em desvantagem. Sim, eu só esperava um pouco mais dele."

VERSTAPPEN E NORRIS BATEM, RUSSELL VENCE GP! Christian Fittipaldi e Vitor Genz debatem F1 na Áustria

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast #288 – A McLaren realmente chegou? Briatore arrumará Alpine com motores Mercedes?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz celebra P3 após fim de semana ‘difícil’ na Áustria
Próximo artigo F1: Vidente, Russell disse que viu a possibilidade de colisão entre Norris e Max

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil