F1: Para Coulthard, diferença entre Pérez e Verstappen é "clara" e vai além do carro

O vencedor de 12 GPs ainda enfatizou o nível apresentado pelo holandês bicampeão mundial na temporada de 2022

Pole man Max Verstappen, Red Bull Racing, Sergio Perez, Red Bull Racing, congratulate each other in Parc Ferme

Ao fim da temporada 2022 da Fórmula 1, a Red Bull pode apresentar números muito convincentes. A dupla de Christian Horner venceu 17 das 22 corridas disputadas na temporada, com Max Verstappen vendo a bandeira quadriculada em primeiro lugar em 15 ocasiões.

Leia também:

"Esses números, na minha opinião, falam por si só", respondeu David Coulthard em entrevista ao Motorsport.com. "Max apresentou um nível especialmente alto durante todo este ano. Ele realmente maximizou o potencial do carro da Red Bull."

O último foi especialmente verdadeiro a medida que o RB18 foi ficando mais leve e mais afiado na parte dianteira. Segundo Verstappen, a corrida de Baku foi um momento chave para ele, ou seja, depois do GP de Mônaco e da classificação no Azerbaijão, ambos momentos em que Sergio Pérez esteve a frente dele.

Desde então, o holandês "mostrou os calcanhares" para o mexicano e se distanciou até a conquista do campeonato mundial pela segunda temporada consecutiva. "Definitivamente não é somente por conta do carro", disse Coulthard sobre os dois pilotos da Red Bull.

"Dá para ver isso de forma clara na comparação entre Max e Checo. Basta ver o que fez Pérez e o que demonstrou Verstappen neste ano. Há uma grande diferença ali, quer as pessoas gostem de Max ou não. Não há nada que prejudique seu rendimento e velocidade."

Podio de Abu Dhabi: ganador Max Verstappen, Red Bull Racing, tercero Sergio Pérez, Red Bull Racing

Podio de Abu Dhabi: ganador Max Verstappen, Red Bull Racing, tercero Sergio Pérez, Red Bull Racing

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

Essa velocidade, de acordo com o próprio Verstappen, não difere substancialmente da que ele apresentava quando se juntou a Red Bull em maio de 2016. Só a experiência adquirida, logicamente, fizeram com que ele se tornasse um piloto mais completo. Coulthard assinala este último e destaca o papel que a intensa temporada de 2021 teve: "Ganhar o título no ano passado fez com que, na minha opinião, Max se tornasse mais forte".

A Mercedes não foi um rival na briga pelo campeonato durante a temporada passada, mas a equipe de Toto Wolff conseguiu melhorar no rendimento mais ao fim de 2022, o que faz Coulthard considerar seriamente que Verstappen e Red Bull enfrentarão as flechas de prata em 2023.

"Definitivamente acredito que a Mercedes vai estar mais perto ano que vem, sim. Pelo menos eles encontraram a linha de subida e vamos ser muito honestos: eles basicamente já têm um carro capaz de ganhar corrida. Simples assim. Só ganharam uma ou duas com a corrida sprint inclusa (no Brasil), mas o carro tem potencial e teoricamente é um carro vencedor. Isso é inegável."

Se a Mercedes realmente fizer o movimento esperado e a Ferrari também fizer sua parte para melhorar o apresentado neste ano, Coulthard espera uma batalha muito acirrada em 2023.

"Creio que no ano que vem poderemos tem uma batalha entre três equipes, inclusive, com Mercedes e Ferrari. Obviamente, isso seria maravilhoso para nós e também demonstra que o novo regulamente, introduzido em 2022, está basicamente funcionando bem", concluiu o vencedor de 12 GPs de Fórmula 1.

Bastidores da possível 'volta' da Honda à F1, como montadora ou equipe própria

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate os pilotos destacados da F1 2022; ouça já!

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Sainz traça meta de consistência para brigar por título em 2023
Próximo artigo F1: Pela primeira vez, Porsche dá versão sobre acordo frustrado com Red Bull

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil