F1: Piloto de testes da Ferrari, Shwartzman usará licença de Israel devido à guerra na Ucrânia

Piloto russo deve participar de treinos livres com a equipe em 2022 seguindo o novo regulamento da F1

F1: Piloto de testes da Ferrari, Shwartzman usará licença de Israel devido à guerra na Ucrânia
Carregar reprodutor de áudio

A Ferrari anunciou que seu piloto de testes para a Fórmula 1, o russo Robert Shwartzman, guiará sob uma licença de Israel durante qualquer participação com a equipe ao longo de 2022, devido às restrições impostas pela guerra na Ucrânia.

Shwartzman é piloto da Academia da Ferrari desde 2017, e mostrou seu potencial a Maranello ao vencer a F3 em 2019, além de ser vice-campeão da F2 no ano passado.

Leia também:

Após ser anunciado como o piloto oficial de testes da Ferrari para 2022, ele deve guiar em treinos livres neste ano, com o regulamento da F1 determinando que as equipes devem colocar novatos em dois TL1s ao longo do campeonato.

Mas sua situação tornou-se mais complicada devido à eclosão da guerra. Como parte das ações contra a Rússia, a FIA determinou que pilotos do país devem correr sob uma bandeira neutra para participarem de eventos.

Isso significa que ele não poderia participar de um fim de semana de F1 com sua licença russa. Falando sobre o caso no GP da Emilia Romagna, o chefe da Ferrari, Mattia Binotto, explicou que o piloto seria classificado como israelense.

"Primeiro, Robert nasceu em Israel. Ele tem um passaporte israelita e, em termos de licença, ele não tem uma da Rússia. Ele tem um acordo para interromper os acordos que possui com empresas russas".

Robert Shwartzman, Ferrari

Robert Shwartzman, Ferrari

Photo by: Ferrari

"Então, no momento, ele ainda é nosso piloto de testes e seguirá assim. E se tivemos oportunidades futuras para ele, discutiremos".

A Ferrari ainda não decidiu quando que cumprirá o regulamento, colocando os novatos nos TL1. Shwartzman já tem alguma experiência com a F1, fazendo seu primeiro teste em 2018 e participando de outras sessões nos anos seguintes.

Sua maior quilometragem está nos testes com carros antigos em Fiorano e Ímola, mas já guiou nas sessões pós-temporada em Abu Dhabi. Em 2020, ele guiou o SF1000 em Yas Marina, pilotando também a Haas na ocasião.

VÍDEO: Rosberg critica Hamilton após resultado em Ímola

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #175 - Como explicar desempenho constrangedor de Hamilton em Ímola?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Red Bull revela quando decidirá segunda vaga e futuro de Pérez
Artigo anterior

F1: Red Bull revela quando decidirá segunda vaga e futuro de Pérez

Próximo artigo

Mudanças para 2023, motores e substituto da Rússia: As discussões realizadas na reunião da Comissão da F1

Mudanças para 2023, motores e substituto da Rússia: As discussões realizadas na reunião da Comissão da F1