Fórmula 1 GP da Itália

F1: Plano da Red Bull mostra que a estratégia da Ferrari não estava errada no GP da Itália

A Red Bull revelou que teria parado Max Verstappen durante o período inicial do VSC no Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1 se o então líder Charles Leclerc não tivesse parado

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, makes a pit stop

O abandono de Sebastian Vettel desencadeou um safety car virtual na volta 11 no GP da Itália, e a Ferrari aproveitou a oportunidade para trocar os pneus do carro de Leclerc. Essa mudança, tão cedo na corrida, levou o monegasco para uma estratégia de duas paradas e fora de sintonia com o líder Verstappen, que era uma parada.

Mas enquanto alguns questionaram se a Ferrari cometeu ou não um erro ao fazer a parada, a rival Red Bull considera que era uma opção viável naquele momento.

Leia também:

No entanto, o fator decisivo final foi que a Ferrari nunca teve ritmo para correr com a Red Bull, então, qualquer que seja a estratégia, nunca a ajudaria a triunfar.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, disse no domingo à noite que sua equipe estava pronta para parar Verstappen se Leclerc não tivesse parado durante o safety car virtual – mas não acha que a estratégia foi o fator decisivo na corrida.

“Nós entendemos porque eles fizeram isso”, disse ele. “Acho que tínhamos um carro mais rápido. Acho que estrategicamente eles fizeram uma boa escolha. Acho que tivemos um pacote mais rápido hoje. Então acho que teríamos vencido a corrida independentemente disso.”

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, George Russell, Mercedes W13, Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Charles Leclerc, Ferrari F1-75, George Russell, Mercedes W13, Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

O chefe de equipe da Ferrari, Mattia Binotto, disse que sua equipe percebeu no início da corrida que não tinha velocidade nem vida útil dos pneus para igualar Verstappen na mesma estratégia – então precisava tentar algo diferente.

Refletindo sobre a parada durante o safety car virtual, Binotto disse: “Em retrospectiva, acreditamos que foi a decisão certa quando o safety car saiu naquele momento da corrida.

“Sabíamos que Charles tinha um bom ritmo, mas Max conseguiu cuidar melhor dos pneus e ele já era mais rápido para nós. Mantendo a mesma estratégia simples dele, uma parada, ele teria nos vencido mais cedo ou mais tarde.

“Então a única chance para nós era de alguma forma mudar a estratégia. Tivemos um pouco de azar porque o VSC terminou enquanto ainda estávamos no pitlane, não obtendo todo o benefício potencial do VSC, mas ainda acho que Max no geral foi mais rápido hoje e impossível de vencer.”

Binotto disse que quando as equipes estão lutando contra um carro mais rápido, elas precisam tentar fazer algo diferente com estratégia se quiserem ter esperança de sair por cima.

“Não é difícil bater um carro mais rápido, é impossível”, disse ele. “Normalmente você ganha se tiver o carro mais rápido e só pode errar com estratégias.

Qualquer que tenha sido a estratégia [para Max] ele teria vencido: esse é o ponto. Mas ao parar e seguir em duas paradas com Charles, não foi a decisão errada, porque você nunca sabe o que pode acontecer mais tarde na corrida. Você nunca sabe como a degradação do pneu pode estar no Max em períodos mais longos.

“Se você olhar para o carro atrás de George, por exemplo, a diferença que Charles tinha no final da corrida em relação a George era grande e confortável.

“Então, no geral, não foi um risco, mas deixe-me dizer uma aposta, que poderia ter se transformado em uma escolha positiva.”

PODCAST #194 - Qual será o futuro de Felipe Drugovich?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Wolff acredita que Abu Dhabi deu confiança à FIA para seguir as regras em Monza
Próximo artigo F1: CEO da Ferrari "banca" Binotto e espera que equipe volte a ser campeã antes de 2026

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil