F1 - Russell critica circuito de Las Vegas: "Não é o mais emocionante"

Piloto britânico garantiu que o GP norte-americano terá muitas ultrapassagens, mas que não trará muitos desafios

George Russell en Las Vegas

A Fórmula 1 já teve seu primeiro contato com o GP de Las Vegas, isso porque vários pilotos do grid viajaram para a cidade de Nevada para fazer uma exposição massiva com carros de temporadas passadas. Um dos que esteve lá foi George Russell, que falou claramente sobre o que espera da nova corrida do calendário que será divulgado em novembro de 2023.

Leia também:

O britânico estava em uma das Mercedes que tanto ganhou na era híbrida e encantou os fãs, e essa é a pergunta que o jovem inglês questiona. As longas retas e a combinação de curvas fazem dela uma pista muito rápida, que vai dar muitas ultrapassagens mas, segundo o piloto das Flechas de Prata, não será um desafio.

O piloto da equipa alemã garantiu que o circuito na 'Cidade do Pecado' foi criado para dar espetáculo, sem levar em conta o que dizem aqueles que realmente arriscam a vida em monolugares a mais de 300 km/h.

"Nunca é fácil pilotar um carro em uma pista tão rápida", disse George Russell na apresentação do evento no último fim de semana. "Eu não acho que é o lugar mais emocionante para competir. Acho que a pista foi projetada para o entretenimento dos espectadores, tudo está preparado para uma corrida cheia de coisas, ultrapassagens, e acho que será emocionante para os fãs, mas para ser honesto, não me importo com a sensação ao volante desde que estejamos liderando", comentou o britânico.

Sergio Perez

Sergio Perez

Photo by: Red Bull Content Pool

O circuito de Las Vegas circulará pela famosa área da The Strip, onde estão localizados a maioria dos cassinos, hotéis e atrações turísticas. Com 6,1 quilômetros de extensão, será um dos mais longos de todo o calendário, atrás apenas de Spa-Francorchamps e muito parecido com Jeddah e Baku, mas se há algo que se destaca é que está destinado aos mais poderosos bolsos.

A venda de ingressos está reservada para poucos que podem arcar com os números astronômicos, sem contar as refeições e um quarto para dormir, e será o terceiro GP dos Estados Unidos junto com Miami e Austin, um exemplo claro do crescimento da Fórmula 1 no país das estrelas e listras.

 

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate 'valor real' do GP no Brasil para a F1; ouça já

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Marko aponta ex-Mercedes por vazamento de informações sobre gastos da Red Bull
Próximo artigo ANÁLISE F1: Antes do Brasil, Mercedes dá pistas sobre direção do carro de 2023; entenda

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil