Fórmula 1 GP da Áustria

F1 - Russell pede à FIA que tenha apenas um diretor de prova: "Precisamos de um pouco mais de consistência na gestão"

Na visão do piloto da Mercedes, entidade precisa ter mais responsabilidade a respeito dos comissários e suas decisões sobre o que acontece na pista

George Russell, Mercedes-AMG

Desde o início da temporada 2022 da Fórmula 1, somado à saída do ex-diretor de prova, Michael Masi, a FIA vem usando dois nomes de forma rotativa: Niels Wittich e Eduardo Freitas. Mas a rotação tem levantado questionamentos sobre a consistência das decisões e punições na pista.

Falando após a convocação de Vettel pelos comissários da FIA, no qual o piloto da Aston Martin acabou sendo punido em € 25.000 (cerca de R$130 mil) por conta do seu comportamento no brifieng dos pilotos realizado na sexta-feira, o diretor da GPDA, disse que "precisa haver um elemento de consistência" nas decisões, observando que aconteceram "muitas manobras nas decisões" até aqui na temporada.

Leia também:

Perguntado se a rotação dos diretores de prova era um problema, Russell respondeu: "Sim, nós precisamos fixar apenas um diretor.

"Precisamos de um pouco mais de consistência na gestão. Chegamos ao evento seguinte e muitas vezes o comissário que estava no [evento] anterior não está aqui. Então, não há responsabilidade, nem explicações das decisões.

"Nós fazemos uma pergunta e é difícil termos uma resposta direta porque um pouco da culpa é colocada em uma outra pessoa que não está lá.

"É complicado. Todo mundo tem suas próprias interpretações."

George Russell, Mercedes W13, Esteban Ocon, Alpine A522

George Russell, Mercedes W13, Esteban Ocon, Alpine A522

Photo by: Andy Hone / Motorsport Images

A FIA promoveu a reestruturação das operações de corrida devido ao fim controverso da temporada de 2021, onde Masi falhou na implementação, de pelo menos, dois artigos do regulamento, resultando na relargada da última volta onde Max Verstappen ultrapassou Lewis Hamilton para vencer o campeonato. 

Isso incluía a rotação entre Wittich e Freitas e também a nova sala virtual de controle de corrida. O ex-vice de Charlie Whiting, Herbie Blash, também retornou à FIA como consultor sênior. 

Russell aceitou que "não era um trabalho fácil" para os oficiais, mas enfatizou a necessidade de consistência.

"Ao longo do ano, vários pilotos falaram sobre isso," Russell disse. "Eu acho que quando você tem apenas um diretor de prova, as coisas geralmente podem ser mais consistentes."

Wittich atuou como diretor de prova na maior parte das corridas neste ano e pareceu ter uma abordagem muito mais rigorosa com os pilotos em comparação aos anos anteriores. 

Isso se estendeu para tópicos como usar joias ou roupas íntimas corretas no carro, causando alguma frustração nos pilotos. 

Limites de pista também é algo que Wittich impôs com mais rigor, definindo a linha branca como  fim da pista. 

“É tão difícil para nós pilotos, no momento, julgar uma linha branca, você não pode sentir uma linha branca”, disse Russell.

"Nas corridas lado a lado, se você for empurrado, vai manter o pé na tentativa de atacar no fim da próxima curva. Mas se houver uma armadilha de cascalho ou outra coisa que o penalize, ambos os pilotos abordarão de maneira diferente."

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Sergio Perez, Red Bull Racing RB18

Photo by: Steven Tee / Motorsport Images

Questionado se os pilotos se sentem ouvidos pela FIA, Russell respondeu: "Nós nos sentimos ouvidos, mas eles não podem mudar as regras semana sim, semana não quando um piloto diz que acha isso ou aquilo.

"Eles precisam estar presos as suas armas. Isso só precisa ser aplicado de forma consistente, precisa ser claro para todos nós. As penalizações precisam ser um pouco mais consistentes. 

"Isso só acontecerá se houver consistência das pessoas que policiam os regulamentos."

 

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #185 - Ainda há quem resista ao halo após mais duas vidas salvas?

 

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Carro de Alonso teve "apagão total" antes da Sprint Race na Áustria
Próximo artigo F1 - Leclerc alerta sobre batalha interna da Ferrari durante o GP: "Não podemos nos dar o luxo"

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil