F1: Sauber deve estender parceria com Ferrari por fornecimento de motores até 2025

Segundo apurado pelo Motorsport.com, o projeto do carro de 2022 da Sauber já conta com as dimensões para motor e caixa de câmbio da marca italiana

F1: Sauber deve estender parceria com Ferrari por fornecimento de motores até 2025

A Sauber deve renovar sua parceria na Fórmula 1 com a Ferrari até 2025, pondo um fim a sugestões de que a equipe suíça faria uma troca para a Renault, segundo apurado pelo Motorsport.com. As duas marcas estão ligadas desde 2010 e a parceria foi estreitada em 2019, quando a Sauber passou a adotar o nome da Alfa Romeo.

O acordo atual entre a Sauber e a Ferrari chega ao fim em 2021, levando a sugestões de que a marca austríaca poderia estar olhando para a Renault como uma possível opção, tornando-se uma equipe cliente.

Leia também:

Mas o Motorsport.com apurou que um acordo já foi atingido entre Sauber e Ferrari para manter o fornecimento de motores entre 2022 e 2025. Apesar desse acordo ainda não estar assinado, os planos já estão em andamento para a manutenção da parceria.

O projeto do carro de 2022 da Sauber já começou e o chassi leva em consideração as dimensões da unidade de potência e caixa de câmbio da Ferrari, apontando para a extensão do acordo atual.

A Renault perdeu sua única equipe cliente, a McLaren, no final do ano passado, e está interessada em ter equipes parceiras no futuro, para ajudar no desenvolvimento do motor, o que ajudou a aumentar os rumores envolvendo a Sauber.

Apesar do fato do chefe da Sauber, Frédéric Vasseur, manter um bom relacionamento com a Renault, onde trabalhou por um breve período em 2016, os acionistas da equipe suíça defendem a estabilidade do acordo com a Ferrari.

A extensão do acordo manterá o capital político da Ferrari intacto na F1, com a marca italiana mantendo sua equipe oficial e duas clientes no grid

A Sauber tem entre seus pilotos Antonio Giovinazzi, que é ligado à Ferrari, desde 2019, e o estreitamento da relação com a Haas levou à contratação de Mick Schumacher para este ano.

Ainda não é claro, porém, se a equipe seguirá correndo com o nome da Alfa Romeo para além de 2021, com novas discussões nas próximas semanas devido à fusão entre a empresa-mãe Fiat Chrysler e o Grupo Peugeot, formando a quarta maior montadora do mundo sob o nome Stellantis.

A Sauber anunciou no ano passado uma extensão de apenas um ano com a Alfa Romeo, com as duas marcas colaborando também nos projetos dos carros de rua Alfa Romeo Giulia GTA e GTAm.

Vasseur disse, no final da temporada passada, que uma extensão da parceria com a Alfa Romeo era "crucial" para a Sauber.

"Não quero falar sobre o aspecto financeiro, mas certamente é parte disso", disse Vasseur ao Motorsport.com. "É mais pela motivação que acrescenta à equipe, as atividades que você pode bancar em termos de recrutamento e desenvolvimento da companhia para o futuro".

"O fato de que a Alfa Romeo está estendendo o acordo conosco, querendo ainda levar essa parceria além, é uma bela recompensa. Mas não é apenas isso. É um passo adiante para nós. Estamos colaborando também no lado automotivo e vejo como uma boa parceria para nós".

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Quais pilotos da F1 tiveram os maiores salários de 2020 e os que ganharam ‘mixaria’

PODCAST: Chico Serra fala de rivalidade com Piquet, amizade com Senna e briga com Boesel

 

compartilhar
comentários
FIA registra 722 infrações de limite de pista na F1 em 2020; Portimão lidera lista
Artigo anterior

FIA registra 722 infrações de limite de pista na F1 em 2020; Portimão lidera lista

Próximo artigo

McLaren: Mercedes tem sido "fantástica" no apoio à adoção dos novos motores

McLaren: Mercedes tem sido "fantástica" no apoio à adoção dos novos motores
Carregar comentários