Fórmula 1 GP do Japão

F1 - Verstappen: Carro da Red Bull volta a ser "agradável de pilotar" após GP difícil em Singapura

Holandês liderou as duas sessões de treinos livres em Suzuka; já Pérez não teve o melhor dos dias

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Max Verstappen disse após a sexta-feira de treinos para o GP do Japão de Fórmula 1 que seu RB19 voltou a ser um carro "agradável de guiar", tendo liderado as duas sessões do dia. Já seu companheiro de Red Bull, Sergio Pérez, relatou problemas após terminar apenas em nono.

O holandês foi o mais rápido em ambas as sessões, terminando o dia com 0s320 de vantagem para Charles Leclerc, em segundo, e quase 0s5 à frente de Lando Norris, em terceiro. Verstappen se mostrou forte desde o início da sexta, se recuperando de uma etapa difícil em Singapura, onde foi eliminado no Q2 e terminou em quinto na primeira prova do ano não-vencida pela Red Bull.

Leia também:

Mas, após a sexta-feira, a Red Bull apagou qualquer preocupação que tinha sobre uma manutenção do desafio de Singapura, mesmo com Suzuka representando um circuito muito diferente.

"Me senti muito bem hoje. Desde a primeira volta o carro foi agradável de pilotar novamente", disse Verstappen. "Foi um dia forte nas simulações de corrida, de classificação. Aqui temos muita degradação de pneus, então será difícil na corrida. Mas tivemos um bom início de fim de semana".

Antes do fim de semana, tanto Verstappen quanto George Russell destacavam a McLaren como a maior ameaça à Red Bull, mas a Ferrari se mostrou bem competitiva novamente, ocupando a segunda e a quarta posições em ambos os treinos.

"Tudo parece meio apertado atrás de mim. A Ferrari e a McLaren estão muito próximas, então vamos ver".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Max Verstappen, Red Bull Racing RB19

Photo by: Zak Mauger / Motorsport Images

"Mas acho que, no fim do dia, focamos apenas em nós mesmos, tentando otimizar nossa performance. E se fizermos isso, tenho confiança de que iremos lutar pela pole".

Já Pérez não teve o mesmo dia de Verstappen. O mexicano teve problemas de equilíbrio no carro no TL1 que não foram totalmente resolvidos a tempo do TL2, deixando-o apenas em nono, um segundo atrás de Verstappen.

"Tivemos problemas com o equilíbrio do carro no TL1 e tentamos melhorar um pouco no TL2. Acho que temos agora uma boa compreensão de qual direção temos que tomar. Certamente, as coisas estão bem melhores que no fim de semana passado, o que é positivo".

"Mal posso esperar para me classificar bem amanhã, porque a degradação aqui parece ser bem alta, especialmente com as altas temperaturas que estamos esperando. Acredito que seremos fortes amanhã e no domingo".

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast #248 – Ferrari ‘passa pano’ para Leclerc e subestima Sainz?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Verstappen lidera segundo treino livre para o GP do Japão marcado por batida de Gasly no fim
Próximo artigo F1: FIA admite erro e que Verstappen deveria ter sido punido no quali de Singapura

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil