F1: Verstappen lamenta bandeira vermelha, mas diz que Red Bull melhorou

Na briga pelo título, holandês larga à frente do rival pelo campeonato Lewis Hamilton e diz que equipe progrediu desde os treinos livres

F1: Verstappen lamenta bandeira vermelha, mas diz que Red Bull melhorou
Carregar reprodutor de áudio

Max Verstappen liderou o terceiro treino livre do GP de Mônaco de Fórmula 1, mas não repetiu o resultado na classificação deste sábado (22). O holandês viu Charles Leclerc marcar o melhor tempo da sessão e ficou a cerca de dois décimos do monegasco.

O treino foi interrompido a poucos minutos do fim do Q3 devido a um acidente do pole position, que escapou no S da piscina e causou uma bandeira vermelha que encerrou precocemente a qualificação.

Leia também:

"Ninguém estava realmente colocando um ritmo de pole na primeira volta [do Q3]. É assim que planejamos, faça duas e então sua terceira é a mais rápida. Claro que a bandeira vermelha arruinou a chance de pole, mas veremos. Acho que está sendo um fim de semana muito bom até agora, nos recuperamos de quinta-feira [dia dos dois primeiros treinos livres]", comentou.

Verstappen larga cinco posições acima de seu rival direto pelo campeonato Lewis Hamilton, que amargou a sétima colocação. A outra Red Bull, de Sergio Pérez, começa do nono lugar.

F1 AO VIVO: Ferrari quebra jejum e larga em pole polêmica, Hamilton é apenas o 7º no GP DE MÔNACO | Q4

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: Rico Penteado decifra o que deve acontecer no GP de Mônaco

 

compartilhar
comentários
F1: Bottas "decepcionado" com bandeira vermelha na classificação
Artigo anterior

F1: Bottas "decepcionado" com bandeira vermelha na classificação

Próximo artigo

F1: Hamilton classifica fim de semana como "desastroso" e vê vitória "fora de alcance"

F1: Hamilton classifica fim de semana como "desastroso" e vê vitória "fora de alcance"
Carregar comentários