F1: Verstappen não se preocupa com fato de que "tempo está passando" em sonho de ser campeão

O holandês diz que mantém a calma e não foca nisso por ainda ser muito jovem

F1: Verstappen não se preocupa com fato de que "tempo está passando" em sonho de ser campeão

Max Verstappen e sua equipe, a Red Bull, tinham a esperança de que o piloto pudesse se tornar o campeão mais jovem da história da Fórmula 1, mas o forte domínio da Mercedes na era dos motores turbo híbrida colocaram um fim a esse sonho. Mas o holandês insiste que não está preocupado com o fato de que "o tempo está passando" e o título ainda não veio.

Com o final da temporada 2020, o piloto da Red Bull já é muito velho para bater o recorde de outro ex-piloto da equipe, Sebastian Vettel, que conquistou seu primeiro título com apenas 23 anos e 134 dias de idade.

Leia também:

Mas, apesar de perder a chance de garantir essa distinção, Verstappen disse que não está preocupado com a situação atual.

"Claro, que eu quero lutar pelo campeonato em 2021, mas vamos ter que esperar para ver", disse ao Motorsport.com. "Eu ainda sou muito jovem. E claro, algumas pessoas dizem que o tempo está passando. Mas eu não me preocupo. É a vida. Em alguns casos não podemos forçar as coisas. Então mantenho a calma".

Com a Red Bull confiante de que dará um passo adiante em 2021 após compreender os problemas enfrentados com o RB16, e a Honda entregando um novo motor, Verstappen mantém o otimismo com o progresso feito ao longo do ano anterior.

"Acredito que podemos dar um passo adiante. Mas também acredito que os demais também irão evoluir. Espero que nosso passo seja maior que o deles".

Enquanto Verstappen entra em 2021 com a injeção de ânimo dada por sua vitória dominante no GP de Abu Dhabi, a Red Bull tenta não criar ilusões sobre o desafio que terá para enfrentar a Mercedes, que foca no desenvolvimento do carro deste ano desde agosto.

O pai de Verstappen, Jos, afirmou que é mais importante para o filho um bom início de 2021 do que a vitória na última corrida de 2020.

"É bom vencer a última corrida da temporada, mas é ainda melhor vencer a primeira do ano seguinte. É bom vencer a última corrida para dar uma injeção de ânimo para o pessoal na fábrica".

"Mas, como eu disse antes, acredito ser ainda mais importante termos a capacidade de vencer a primeira corrida do próximo ano. Isso indicaria que temos um carro competitivo. E é isso que sentimos falta".

Perguntado pelo Motorsport.com sobre as chances de reduzir a vantagem da Mercedes, Jos Verstappen disse: "Acho que as mudanças no regulamento para 2021 são significativas. O resto do carro precisa ser adaptado para contemplar as mudanças no assoalho. Isso influencia principalmente a aerodinâmica, então eles precisam acertar isso".

"E esperamos que a Honda traga também algo a mais. Nesse caso, acredito que estaremos mais fortes que o ano passado".

Max revela RECUSA a oferta da Mercedes em 2014; veja mais detalhes da negociação

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PODCAST: Motorsport.com debate a expectativa para a temporada 2021 da F1; ouça

 

compartilhar
comentários
Hamilton crê que Russell será campeão da F1: “Não tenho dúvidas"
Artigo anterior

Hamilton crê que Russell será campeão da F1: “Não tenho dúvidas"

Próximo artigo

Sainz diz ter orgulho de ter feito parte da McLaren e prevê que equipe será uma "força no futuro"

Sainz diz ter orgulho de ter feito parte da McLaren e prevê que equipe será uma "força no futuro"
Carregar comentários