Reações
Fórmula 1 GP do Catar

F1 - Verstappen: "Todos sabemos o quão bom Alonso é"

Christian Horner, chefe da Red Bull, também disse que foi bom ver o espanhol novamente no pódio

Max Verstappen, Red Bull Racing, 2nd position, and Fernando Alonso, Alpine F1, 3rd position, celebrate on the podium with Rose Water

Após compartilhar pela primeira vez em sua carreira o pódio com Fernando Alonso, Max Verstappen afirmou estar contente por ver o espanhol terminando entre os primeiros colocados do GP do Catar de Fórmula 1, elogiando o bicampeão.

Antes do Catar, o último pódio de Alonso havia acontecido quando Verstappen ainda disputada a Fórmula 3 Europeia, no GP da Hungria de 2014. Na ocasião, ainda correndo pela Ferrari, o bicampeão havia terminado na segunda posição.

Leia também:

Alonso, em declarações à DAZN, se mostrou orgulhoso dos pilotos que o acompanharam ao pódio: "Compartilhar o pódio com Hamilton e Verstappen e não com outros, apesar de respeitar a todos". E o holandês, na coletiva de imprensa da FIA, demonstrou a mesma admiração pelo espanhol.

"É uma pena que Checo não tenha conseguido subir ao pódio, mas somamos bons pontos para a equipe. Mas me alegro também por Fernando. Todo sabemos o quão bom ele é, isso não há nenhuma dúvida".

Foi a penalização de cinco posições a Verstappen (e três a Valtteri Bottas) que permitiu a Alonso sair da terceira posição no GP e, após ultrapassar Pierre Gasly, ele conseguiu se manter na terceira posição após ser ultrapassado pelo holandês.

Possivelmente Verstappen pensou que Alonso o poderia ajudá-lo nos primeiros metros, já que ele sairia logo atrás de Lewis Hamilton e com os pneus macios, contra os médios do heptacampeão. O próprio Alonso acreditou que poderia estar liderando a corrida após a primeira curva, podendo ultrapassar também Gasly, que saia do lado sujo. Mas o britânico teve uma boa saída para manter a ponta.

Após a primeira curva, Alonso esteve próximo de se tocar com Verstappen, que buscava recuperar o máximo de posições possíveis saindo da sétima colocação. Mas o holandês precisou tirar o pé, deixando Alonso e Gasly passarem.

De sua parte, Christian Horner, chefe da Red Bull, também falou de Alonso: "Checo teve azar de não ir ao pódio, acredito que sem o safety car virtual poderia ter passado Alonso na última volta. Faz tanto tempo desde que vimos Fernando no pódio pela última vez, foi legal vê-lo ali".

Com o terceiro lugar do domingo, Alonso chega ao 98º pódio de sua carreira, encerrando um jejum de sete anos que se tornou o segundo maior da história da F1.

RETA FINAL: Hamilton encaminha octa da F1 ao bater Verstappen no Catar?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #146: Hamilton teve a maior exibição da carreira no Brasil?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Pilotos da F1 e direção de prova se reúnem para discutir limites de pista, mas resultado não é agradável
Próximo artigo F1: Hamilton e Mercedes estão "melhores do que nunca" para reta final da temporada

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil