F1: Williams diz que "nada mudou" mas chefe não confirma permanência de Russell e Latifi em 2021

compartilhar
comentários
F1: Williams diz que "nada mudou" mas chefe não confirma permanência de Russell e Latifi em 2021
Por:
, Editor

Simon Roberts afirmou que prefere não falar nada para não aumentar especulações, mas também não deixou nada claro sobre o futuro da equipe

Os rumores recentes da aproximação de Sergio Pérez com a Williams colocaram George Russell em uma situação complicada, podendo perder uma vaga no grid da Fórmula 1 que já estava garantida. E o chefe da equipe, Simon Roberts, se recusou a confirmar se ambos Russell e Nicholas Latifi ficarão em 2021, mas diz que "nada mudou" com os planos da Williams.

A Williams havia anunciado ainda em julho que Russell e Latifi seguiriam com a equipe em 2021, antes de confirmar a venda da equipe para a Dorilton Capital no início de setembro.

Leia também:

O piloto da Racing Point, Sergio Pérez, surgiu recentemente como uma possível opção para a Williams em meio à busca do mexicano por uma vaga no grid de 2021, levando a rumores de que ele poderia substituir Russell, já que Pérez e Latifi trariam bons aportes financeiros.

Na coletiva de quinta-feira em Portimão, Russell disse que não tinha preocupações sobre seu futuro com a Williams, afirmando que estará no grid de 2021 com a equipe.

Falando na sexta, o chefe interino Simon Roberts disse que "nada mudou" sobre os planos da equipe em relação aos pilotos de 2021.

"Há muita especulação, há bons pilotos por aí buscando vagas. A Dorilton comprou a equipe e nada mudou. Não posso dizer nada mais do que isso".

Mas quando pedido para confirmar que Russell e Latifi estarão com a equipe em 2021, Roberts evitou o assunto.

"Não vou falar nada sobre nenhum de nossos pilotos. Eles fizeram um ótimo trabalho. Há muita especulação por aí. Não quero alimentar nada. Vamos acompanhar o resto do mercado. Não vou falar sobre isso. A Dorilton comprou a equipe e nada mudou com relação aos pilotos".

"Há muita especulação e rumores. É muito doido. Afinal, é a silly season. Não vamos falar nada além disso".

Perguntado se seria possível por um fim às especulações de assinar com Pérez para 2021, Roberts disse: "É possível [por um fim], mas não vamos falar nada além disso. Estamos focados no fim de semana. Não temos mais notícias. Olhem, Gunther está aqui, ele tem notícias".

Caso a Williams opte por uma mudança na dupla de pilotos para 2021, a vaga de Russell que possivelmente estaria na linha de fogo, já que Latifi traz um grande aporte financeiro do Canadá. Já Pérez, além do patrocínio mexicano, ainda tem uma longa experiência na F1.

Roberts disse que qualquer decisão sobre pilotos seria "feita pelo comitê de gerenciamento e a diretoria da Williams" e que "é uma situação muito comum".

Todas as notícias sobre o retorno do GP de Portugal da F1 você acompanha no site do Motorsport.com e em nosso canal no YouTube. Fique por dentro de todas as novidades e análises e confira nossos programas e vídeos!

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Neste fim de semana, a F1 visita Portimão para o GP de Portugal. E em uma prova onde adaptação é essencial, Mercedes e Hamilton podem respirar aliviados: o piloto ou a equipe venceram a edição inaugural das quatro últimas provas novas. Ele venceu em Mugello, Sochi e Austin. Já Rosberg venceu em Baku. Parece uma aposta certa, não? Quer saber mais? Confira o ThePlayer.com e não perca nada!

CEO da F1 cita outros esportes e diz que categoria não pode usar “camisa de força” contra mudanças

Podcast – O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

 

F1: Mercedes pode garantir hepta de construtores em Portugal; entenda combinações necessárias

Artigo anterior

F1: Mercedes pode garantir hepta de construtores em Portugal; entenda combinações necessárias

Próximo artigo

F1: AlphaTauri abre possibilidade para Tsunoda participar de um treino livre em 2020

F1: AlphaTauri abre possibilidade para Tsunoda participar de um treino livre em 2020
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Luke Smith