F1: Wolff nega que irregularidade de Bottas seja por incerteza de contrato

Chefe da Mercedes comentou que negociações pesam muito mais para a equipe do que para o piloto, ao qual ele fez elogios

F1: Wolff nega que irregularidade de Bottas seja por incerteza de contrato
Carregar reprodutor de áudio

Enquanto Valtteri Bottas reclamava da incerteza em torno de seu futuro na Mercedes, Toto Wolff minimizou o impacto disso. Ao longo de sua carreira na Fórmula 1, seja na equipe alemã ou na Williams, o finlandês teve que se contentar com contratos de apenas um ano e a necessidade de se provar. Situação que pesou até a assinatura de um acordo plurianual com a Alfa Romeo para 2022.

Ao longo que não definia a situação de seu piloto, a escuderia considerava sua substituição por Esteban Ocon e depois por George Russell. O segundo foi escolhido para a próxima temporada, em uma negociação que deve ter sido encerrada já na pausa de agosto.

Leia também:

Quando foi apontado a Wolff, chefe da Mercedes, que Bottas considerou que essa situação teve um impacto negativo em seu desempenho, e quando questionado por que não lhe ofereceu este famoso contrato plurianual, ele respondeu: "Acho que ele disse isso de forma ligeiramente diferente".

"Provavelmente teve mais efeito em mim do que eu pensava, porque uma vez que tudo estava feito e eu sabia o que faria nos próximos anos, senti um pouco mais de liberdade e menos pressão, quase como se um peso tivesse sido tirado de meus ombros."

Toto Wolff, team principal et PDG, Mercedes AMG, et Valtteri Bottas, Mercedes

Toto Wolff et Valtteri Bottas

"Eu disse para Valtteri que a pressão é boa e às vezes pode machucar também. Acho que ele está nisso desde que começou sua carreira, pois nunca teve recursos abundantes para competir. Dito isso, um contrato de vários anos teria sido melhor? Olhando para trás, você sempre pode ter uma opinião diferente. Eu ainda acho que é um ótimo cara e um piloto rápido, mas também creio que passar anos com Lewis pode pressionar muito."

"Vimos que ele estava absolutamente bem em algumas corridas e ninguém podia tirar sua vitória, como na Turquia. Eu o vi ao longo de sua carreira, na Fórmula 3, na Fórmula Renault (hoje Fórmula Regional), em todas categorias. A velocidade pura está lá, e quando entra em vigor, ninguém pode vencê-lo."

"Às vezes há oscilações, e me pergunto se é devido à pressão ou algum outro fenômeno, mas pode ser a consequência de ter Hamilton como companheiro de equipe, um sete vezes campeão mundial. Não há nenhum outro no clube das 100 vitórias. Ele é o único."

Sobre se Wolff e Mercedes tiraram o melhor de Bottas nesses cinco anos, o austríaco disse: "Quem sabe? Eu não sei."

Em qualquer caso, o finlandês tem 20 poles, 57 pódios e 10 vitórias desde sua chegada a Brackley, contra 41 poles, 76 pódios e 49 vitórias de Lewis no mesmo período (2017-2021).

SCHUMACHER FURIOSO com SENNA em Interlagos? Saiba da TRETA entre os campeões que POUCOS se lembram

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #148: O jogo virou a favor da Mercedes? Quem é o favorito ao título?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Hamilton se diz "surpreso" por ver atletas relaxados quanto à Covid-19
Artigo anterior

F1: Hamilton se diz "surpreso" por ver atletas relaxados quanto à Covid-19

Próximo artigo

Chefe da Ferrari crava Leclerc como o próximo campeão da equipe na F1

Chefe da Ferrari crava Leclerc como o próximo campeão da equipe na F1
Carregar comentários