Fórmula 1 GP do Catar

FIA vai rever punições a Hamilton no GP Catar para casos futuros

Piloto da Mercedes não deve ter penalidade (multa e reprimenda) aumentada, mas seu caso servirá de base para o que pode acontecer em episódios semelhantes

Lewis Hamilton, Mercedes-AMG, walks back after retiring from the race

A FIA está iniciando uma revisão das ações de Lewis Hamilton e de sua punição por atravessar a pista após o incidente na primeira curva do GP do Catar da Fórmula 1 no último final de semana.

Hamilton abandonou a corrida no circuito de Losail depois de colidir com seu companheiro de equipe George Russell enquanto disputavam posições na largada. Enquanto o carro de Russell escapou de danos graves e ele conseguiu continuar, Hamilton saiu da corrida na hora e acabou na área de brita.

Leia também:

Ele rapidamente saiu de seu carro e atravessou a pista enquanto tentava voltar aos boxes, o que é uma violação dos regulamentos. Foi observado que ele mal havia conseguido atravessar a pista antes de o pelotão passar.

Hamilton foi convocado pelos comissários no Catar para explicar o que aconteceu. Após investigação, ele recebeu sua primeira reprimenda da temporada e foi multado em 50 mil euros, dos quais 25 mil foram suspensos pelo restante da temporada, desde que não haja outras infrações semelhantes.

No entanto, uma semana após o GP, a FIA anunciou que deseja revisar o assunto porque acredita que o incidente foi muito mais sério do que inicialmente pensado.

Entende-se que a motivação principal não é impor uma punição maior a Hamilton, mas sim avaliar se as penalidades em geral por atravessar uma pista de corrida devem ser maiores.

Um porta-voz da FIA disse: "A FIA está revisitando o incidente em que Lewis Hamilton atravessou a pista durante uma corrida no GP do Catar. A FIA observa que Lewis se desculpou durante a subsequente audiência com os comissários sobre o incidente e reconheceu que atravessar a pista foi uma séria violação de segurança."

"No entanto, devido ao seu status de modelo a ser seguido, a FIA está preocupada com a impressão que suas ações podem ter causado nos pilotos mais jovens."

Sir Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14 crashes out

Sir Lewis Hamilton, Mercedes F1 W14 crashes out

Photo by: Mark Sutton

A decisão da FIA de revisar o incidente no Catar também foi destacada após um incidente recente no Campeonato Mundial de Kart da FIA em Franciacorta, na Itália.

O piloto britânico Joe Turney foi jogado para fora da pista enquanto lutava pela liderança e empurrou seu kart de volta para a pista na tentativa de continuar. Ele foi atingido por outro competidor e sofreu lesões nas pernas.

Embora não se pense que Hamilton receberá uma sanção maior pelo que aconteceu, o resultado da revisão da FIA provavelmente será sobre estabelecer uma diretriz de penalidade mais clara para o futuro.

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Entenda por que Verstappen espera uma ligação do presidente da Ferrari
Próximo artigo F1 - Button sobre calor do Catar: “Se os pilotos não falarem, não vão mudar isso”

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil