Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
64 dias
06 mai
Próximo evento em
106 dias
20 mai
Próximo evento em
120 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
134 dias
10 jun
Próximo evento em
141 dias
24 jun
Próximo evento em
155 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
162 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
176 dias
29 jul
Próximo evento em
190 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
218 dias
02 set
Próximo evento em
225 dias
09 set
Próximo evento em
232 dias
23 set
Próximo evento em
246 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
253 dias
07 out
Próximo evento em
260 dias
21 out
Próximo evento em
274 dias
28 out
Próximo evento em
281 dias
05 nov
Próximo evento em
289 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
302 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
317 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
326 dias

Gasly: F1 precisa de sistema "mais justo" para jovens pilotos

compartilhar
comentários
Gasly: F1 precisa de sistema "mais justo" para jovens pilotos

Para piloto francês, chefes da categoria precisam encontrar uma maneira "mais justa" de ajudar jovens talentos a não perderem a batalha por lugares no grid

A possibilidade de Esteban Ocon ficar sem lugar na F1 em 2019 provocou preocupações de que política e dinheiro são agora fatores maiores para as equipes do que desempenho.

Embora Pierre Gasly tenha mostrado que os jovens ainda conseguem ter boa performance, tendo recebido uma promoção na Red Bull, ele acha que a F1 precisa olhar para o que pode fazer para ajudar as estrelas atuais, como Ocon e a próxima geração, como George Russell.

Leia também:

"Claramente a questão está lá", disse Gasly, falando exclusivamente ao Motorsport.com durante o lançamento de relógio em Cingapura nesta quarta-feira.

“Não sei se está ficando cada vez mais difícil, mas claramente estamos vendo no momento o que está acontecendo com Esteban e ninguém sabe o que ele fará no ano que vem.”

“Eu também corri com Antonio Giovinazzi na Fórmula 2, que é talentoso, muito trabalhador e ele merece uma chance na F1. Nós também vemos George Russell.”

“Mesmo para mim, depois de vencer a GP2, eu tive um ano no Japão e o mesmo aconteceu com Stoffel Vandoorne, e vemos que é bem difícil.”

“Eu não sou o cara que pode mudar as coisas, mas claramente a F1 deve procurar encontrar uma maneira de não tornar as coisas mais fáceis, mas um pouco mais justas às vezes, assim quando um talento apropriado merece estar na F1, para ter certeza que ele fica lá. Eu acho que o desempenho deve ser o único critério para estar no grid.”

Embora o chefe da Mercedes, Toto Wolff, tenha sugerido que a melhor solução para o problema do jovem piloto da F1 seria permitir um terceiro carro para as equipes, Gasly está cético quanto a essa resposta

"Um terceiro carro seria difícil", disse ele. “Se você olhar os anos quando a Red Bull estava dominando ou mesmo a Mercedes, se você vê o mesmo time em P1, P2 e P3, e a mesma equipe no pódio todo fim de semana, não vai fazer F1 tão emocionante.”

"É difícil encontrar exatamente a solução certa, mas é claro que eles devem encontrar uma maneira de dar uma chance a todos os jovens que merecem estar no grid."

 

Motor Honda está mais forte do que esperado, diz rival

Artigo anterior

Motor Honda está mais forte do que esperado, diz rival

Próximo artigo

Williams apoia zona de pontuação até o 20º lugar na F1

Williams apoia zona de pontuação até o 20º lugar na F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Pierre Gasly