Grosjean: “Se tivesse freado, teria acontecido a mesma coisa”

Francês se defende após acidente múltiplo na largada, e crê que resultado de seu erro não era possível de prever

Grosjean: “Se tivesse freado, teria acontecido a mesma coisa”
Romain Grosjean, Haas F1 Team
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18, exits his damaged car after a lap one accident
Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18, arrives on the grid
The crashed car of race retiree Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18
The damaged Romain Grosjean Haas F1 Team VF-18 is removed from the circuit by marshals
Marshals clear the track after an opening lap accident involving Pierre Gasly, Toro Rosso STR13, Romain Grosjean, Haas F1 Team VF-18 and Nico Hulkenberg, Renault Sport F1 Team R.S. 18
Romain Grosjean, Haas F1 Team, exits his cockpit on the grid

Morno na maior parte de suas voltas, o GP da Espanha começou bem quente neste domingo (13). Romain Grosjean havia ganhado duas posições nas primeiras curvas após um toque entre os espanhóis Carlos Sainz e Fernando Alonso.

Ele ia perto de seu companheiro de equipe, Kevin Magnussen, na curva 3 quando o dinamarquês perdeu suavemente a traseira de seu carro. Tentando evitar o piloto, Grosjean acabou freando e perdendo a traseira de sua Haas. Tentando controla-la, ele acelerou e atravessou, retornando da área de escape para a pista.

Nico Hulkenberg e Pierre Gasly não tiveram como evitar o francês e bateram. Os três abandonaram, e Grosjean foi alvo das críticas de ambos. Após a ocorrência, o piloto da Haas tentou se defender.

“Eu perdi a traseira do carro”, definiu Romain, que tomou uma punição de três posições no grid para a próxima corrida, em Mônaco.

“Eu tentei recuperar o máximo que pude, mas simplesmente não deu certo.”

Para Grosjean, não havia o que fazer após perder o controle do carro.

“Eu não acho que havia muito o que se fazer”, seguiu.

“Se eu tivesse freado, o carro teria deslizado da mesma maneira. Eu tentei ficar no acelerador para rodar e não entrar na frente de todo mundo. É um reflexo humano normal.”

“Uma vez que o carro começou a avançar, foi muito difícil.”

compartilhar
comentários
Mesmo rápido, Ricciardo relata dificuldade de guiar carro
Artigo anterior

Mesmo rápido, Ricciardo relata dificuldade de guiar carro

Próximo artigo

Mesmo em 9º, Perez se preocupa: “éramos os mais lentos”

Mesmo em 9º, Perez se preocupa: “éramos os mais lentos”
Carregar comentários