Fórmula 1
25 mar
Próximo evento em
63 dias
06 mai
Próximo evento em
105 dias
20 mai
Próximo evento em
119 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
133 dias
10 jun
Próximo evento em
140 dias
24 jun
Próximo evento em
154 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
161 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
175 dias
29 jul
Próximo evento em
189 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
217 dias
02 set
Próximo evento em
224 dias
09 set
Próximo evento em
231 dias
23 set
Próximo evento em
245 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
252 dias
07 out
Próximo evento em
259 dias
21 out
Próximo evento em
273 dias
28 out
Próximo evento em
280 dias
05 nov
Próximo evento em
288 dias
R
GP da Austrália
18 nov
Próximo evento em
301 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
316 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
325 dias

Hamilton escapa de punição por violação de regra na curva 2; entenda

compartilhar
comentários
Hamilton escapa de punição por violação de regra na curva 2; entenda
Por:
, Editor

Hexacampeão não foi o único a evitar penalidade na classificação para o GP da Rússia

Lewis Hamilton escapou de uma punição após violar regra ao retornar à pista na curva 2 durante o treino classificatório para o GP da Rússia de Fórmula 1. Com isso, o piloto da Mercedes garantiu a pole position.

O britânico conquistou a posição de honra superando Max Verstappen, da Red Bull, por meio segundo. Mas os comissários da FIA confirmaram que Hamilton enfrentou investigação após não seguir as instruções do diretor de prova Michael Masi ao retornar à pista na curva 2.

O editor recomenda:

Masi informou aos pilotos em suas notas pré-corrida que eles deveriam ziguezaguear entre alguns postes laranja brilhantes na área de escape se eles perdessem o ponto de tomada na curva 2, antes de retornar à pista lentamente.

Porém, Hamilton não conseguiu 'navegar' pela área de escape definida na classificação, o que o levou a ser investigado, juntamente com Nicholas Latifi, da Williams, e a dupla Kevin Magnussen e Romain Grosjean, da Haas.

Os comissários confirmaram em um boletim emitido após a classificação que Hamilton aceitou que não havia seguido as instruções de Masi, mas não obteve vantagem e voltou à pista com segurança, escapando de uma penalidade.

“O piloto aceitou que não havia seguido as instruções e, além disso, aceitou que em uma corrida haveria uma penalidade. Os comissários determinaram que não havia vantagem, pois o tempo de volta relevante foi excluído. Além disso, para ser consistente com as decisões anteriores, os comissários consideraram os precedentes estabelecidos no GP da Espanha de 2018 e no GP do Canadá de 2019”.

Um aviso semelhante foi emitido liberando Latifi, Magnussen e Grosjean também, com todos os pilotos sendo lembrados de que tal violação na corrida resultaria em uma penalidade de cinco segundos acrescidos no tempo de prova.

A FIA tem sido rígida em relação aos limites da pista em Sochi devido à quantidade significativa de áreas de escape. Hamilton quase falhou em marcar tempo no Q2 após escapar na curva 18 em sua primeira volta, que foi posteriormente excluída por exceder os limites da pista. O piloto da Mercedes passou para o Q3 e conquistou a pole position à frente de Verstappen e de seu companheiro de equipe na Mercedes, Valtteri Bottas.

Q4: Acompanhe o debate após a classificação do GP da Rússia, com Gabriel Casagrande e Tiago Mendonça

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

.

Related video

Wolff afirma que conversas para comandar a F1 nunca avançaram: “A Ferrari não teria aceitado isso”

Artigo anterior

Wolff afirma que conversas para comandar a F1 nunca avançaram: “A Ferrari não teria aceitado isso”

Próximo artigo

Mercedes explica 'não' a Hamilton, que implorou por pneus médios; entenda

Mercedes explica 'não' a Hamilton, que implorou por pneus médios; entenda
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pilotos Lewis Hamilton
Autor Luke Smith