F1: Horner sugere que Honda pode colaborar com o projeto Red Bull Powertrains em 2026

Christian Horner disse que Honda poderia fornecer ajuda técnica para o projeto Red Bull Powertrains em 2026, caso a fabricante japonesa decida manter relações com a Fórmula 1

Red Bull Racing RB18 side

Com o anúncio de que a Porsche cancelou a parceria com a Red Bull, a equipe passou a ficar livre para buscar outras parcerias para o projeto Red Bull Powertrains. Christian Horner, chefe da equipe austríaca, sugeriu que a Honda pode ser uma das empresas candidatas para firmar a parceria. 

A Honda encerrou seu envolvimento oficial na Fórmula 1 no final de 2022 para concentrar seus recursos de P&D na eletrificação, tendo concordado em continuar fornecendo sua atual Unidade de Potência para Red Bull e AlphaTauri até o final de 2025.

Posteriormente, a empresa japonesa deu a entender que pode buscar um projeto de F1 em 2026, inevitavelmente, levando a especulações de que a Red Bull mudaria de rumo e ficaria com a Honda.

Leia também:

Horner insiste que a Red Bull está muito desenvolvida com seu próprio projeto para abandoná-lo e continuar com o motor da Honda.

No entanto, ele não descartou uma potencial colaboração, mas apenas no lado híbrido da unidade de potência.

Tal estratégia só funcionaria se a Honda optasse por não se envolver por direito próprio com um projeto completo de UP e buscasse uma parceria com uma equipe não Red Bull

"Temos um motor e um protótipo funcionando, temos todos os dinamômetros comissionados, estamos funcionando", declarou Horner.

"A Honda é uma ótima empresa. Eles anunciaram sua saída da F1 para focar sua atenção na eletrificação de seus produtos, afastando-se do motor de combustão.

"Então você assumiria que se eles olhassem para o retorno à F1, isso teria que ser levado em consideração. Se havia ou não algum interesse potencialmente no lado da bateria e quaisquer sinergias potenciais, poderia ser uma discussão interessante.

"Mas a combustão e o lado mecânico do motor, estamos em um roteiro para 2026 com o qual estamos muito felizes".

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Max Verstappen, Red Bull Racing RB18

Photo by: Glenn Dunbar / Motorsport Images

Uma complicação de qualquer acordo desse tipo é que o suporte da Honda comprometeria potencialmente a posição da Red Bull como um novo fabricante de UP para 2026 e os benefícios que o acompanham, principalmente um limite de custo mais alto.

Horner está convencido de que o RBP não precisa do suporte de um OEM e pode construir uma UP inteira.

"Não temos preocupações com isso. Estamos em condições de recrutamento e investimento dentro da instalação para fazer todos os aspectos da unidade de potência."

Ele também indicou que o acordo com a Porsche fracassou em parte devido à quantidade limitada de ajuda técnica que o fabricante forneceria, dado o conhecimento da equipe que já havia recrutado.

"O que nos interessa, quando você está construindo uma unidade de potência do zero com um OEM, é o que eles podem trazer para a festa à qual não tivemos acesso?

"E acho que, tendo feito nossa devida diligência, sentimos que, na verdade, estávamos em uma boa posição. E com o recrutamento que fizemos, tecnicamente, não nos sentimos em nenhuma desvantagem real em relação aos nossos concorrentes".

PODCAST #194 - Qual será o futuro de Felipe Drugovich?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Eleito piloto do dia na Itália, De Vries agradece por "entrevista de emprego" jogada em suas mãos
Próximo artigo Drugovich inaugura o Programa de Jovens Pilotos da Aston Martin na Fórmula 1

Principais comentários

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil Brasil