Fórmula 1
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
72 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
86 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
93 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
121 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
149 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
156 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
170 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
177 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
191 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
205 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
212 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
226 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
240 dias

Kimi: Domínio da Mercedes em Abu Dhabi não é realidade

compartilhar
comentários
Kimi: Domínio da Mercedes em Abu Dhabi não é realidade
Por:
Traduzido por: Gabriel Lima
28 de nov de 2017 18:08

Para campeão de 2007, grande rimo da Mercedes em Yas Marina não é motivo para preocupação para 2018

Race winner Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W08 with doughnuts
Second place Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Race winner Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes F1 W08
Sebastian Vettel, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, leads Max Verstappen, Red Bull Racing RB13
F1 logo mockup
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H

Com Valtteri Bottas fazendo a pole position, a volta mais rápida e ganhando a prova em Abu Dhabi e Lewis Hamilton na segunda posição, muitos foram os que se decepcionaram e até se preocuparam com a  performance da Ferrari.

Sebastian Vettel e Kimi Raikkonen não andaram perto dos dois carros prateados nem na classificação e nem na corrida.

Quando perguntado se ficou preocupado com o déficit para a Mercedes, Raikkonen disse: "Não penso assim. Foi apenas uma corrida”.

"É óbvio que vimos em algumas outras corridas que uma equipe é mais forte que outras.”

"Na última corrida do ano, obviamente, queremos fazer o melhor possível, mas eles foram fortes aqui".

A Ferrari lutou com a Mercedes nesta temporada, pressionando o time alemão pelo título até Cingapura, quando os dois carros bateram na largada. Após isso, problemas de confiabilidade atingiram o time na Malásia e no Japão.

A equipe terminou em segundo lugar no campeonato, 146 pontos atrás da campeã mundial Mercedes, mas garantiu cinco vitórias após não vencer em 2016.

Raikkonen está otimista sobre as chances da Ferrari de ser campeã no próximo ano.

"No ano que vem, teremos carros novos para todos e coisas novas. Não acho que devemos nos preocupar demais", disse ele.

"Nós sempre tentamos melhorar em todas as áreas e, obviamente, sermos os mais rápidos. Não vamos ficar felizes até que consigamos fazer dobradinhas o tempo todo. Mas não vai ser fácil.”

"Com certeza eles foram fortes aqui, mas não estou realmente preocupado com o próximo ano.”

"Nós tínhamos um carro muito forte em todos os lugares este ano. Obviamente, em alguns lugares nós éramos mais fortes do que outros.”

"Nós vamos fazer o nosso trabalho e temos que melhorar para minimizar os problemas. Além disso, devemos estar lá."

Próximo artigo
Hamilton: Pneu hipermacio é o melhor que a Pirelli já fez

Artigo anterior

Hamilton: Pneu hipermacio é o melhor que a Pirelli já fez

Próximo artigo

Renault: Sirotkin merece vaga na F1

Renault: Sirotkin merece vaga na F1
Carregar comentários