Mercedes espera que "desiludido" Hamilton não se aposente da F1

Toto Wolff, chefe da equipe, disse que resultados do GP de Abu Dhabi "ainda doem" e que se questionam sobre a justiça no esporte

Mercedes espera que "desiludido" Hamilton não se aposente da F1
Carregar reprodutor de áudio

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, espera que Lewis Hamilton não saia da Fórmula 1 depois que os dois ficaram "desiludidos" após o polêmico fim do GP de Abu Dhabi. O britânico estava a caminho de conquistar o oitavo título até as últimas cinco voltas do clímax de Yas Marina, que viraram a corrida de cabeça para baixo e permitiram a Max Verstappen conquistar o troféu inédito.

Embora a escuderia alemã tenha protestado contra os resultados e confirmado a intenção de apelar da decisão dos comissários de rejeitarem seu protesto contra os procedimentos do safety car, ela decidiu retirar o recurso.

Leia também:

Wolff explicou que ele e Hamilton lutariam para superar "a dor e a angústia" após a corrida, mas esperava que a decepção de perder o título de maneira tão polêmica não empurrasse o heptacampeão para a porta de saída.

"Lewis e eu estamos desiludidos no momento", disse o chefe da Mercedes. "Não com o esporte, pois o amamos com todos os ossos do nosso corpo e o porque o cronômetro nunca mente, mas se quebrarmos o princípio fundamental de justiça desportiva e autenticidade, de repente ele não se torna mais relevante porque estamos expostos a decisões aleatórias."

"Então, você começa a questionar se todo o trabalho que tem feito, o suor, as lágrimas e o sangue podem realmente ser demonstrados em trazer as melhores performances na pista, porque podem ser retirados aleatoriamente. Jamais superaremos a dor e a angústia que causaram no domingo."

"Eu espero muito que Lewis continue correndo, porque ele é o maior piloto de todos os tempos", acrescentou Wolff. "Ele, se você olhar do ponto de vista das últimas quatro corridas, dominou no domingo, não havia nem dúvida de quem venceu a prova. E isso fazia valer a pena vencer o campeonato mundial."

"Portanto, trabalharemos com os eventos nas próximas semanas e meses. E eu acho que, como um piloto, seu coração dirá que preciso continuar porque ele está no auge de sua forma, mas temos que superar a dor que foi causada nele no domingo, também, porque ele é um homem com valores claros. E difícil entender o que aconteceu."

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Lewis Hamilton, Mercedes W12

Photo by: Erik Junius

Wolff acrescentou que Hamilton participou de ambas as decisões de apelar e retirar o recurso, acrescentando que nenhum dos dois queria garantir o título "em um tribunal".

Ele disse que a equipe achou incrivelmente difícil desistir do apelo, sentindo que a equipe recebeu uma mão cruel por interpretações de "estilo livre" dos regulamentos esportivos durante a corrida de Abu Dhabi.

"Cada passo no caminho foi uma decisão conjunta", explicou Wolff. "Decidimos junto com Lewis protestar, lançar o recurso e retirá-lo. Como você pode imaginar, não só para ele, mas também para nós como um time, foi terrível ser confrontado com uma decisão que decidiu o resultado do mundial."

"No entanto, nenhum de nós, nem ele nem a gente, queria ganhar um campeonato nos tribunais, mas por outro lado, fomos profundamente injustiçados no domingo e não foi apenas um caso de má escolha, foi uma leitura livre das regras e deixou Lewis como um alvo fácil."

Após 'PROVOCAÇÃO' a Hamilton, NELSINHO PIQUET fala de POLÊMICO "patrão é meuzovo" e celebra por Max

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #152: Qual tamanho do título de Verstappen após derrotar Hamilton?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Em protesto contra GP de Abu Dhabi, Hamilton e Wolff não comparecerão à cerimônia de premiação da F1
Artigo anterior

Em protesto contra GP de Abu Dhabi, Hamilton e Wolff não comparecerão à cerimônia de premiação da F1

Próximo artigo

VÍDEO: Veja a festa da Red Bull ao receber Verstappen em sua fábrica

VÍDEO: Veja a festa da Red Bull ao receber Verstappen em sua fábrica
Carregar comentários