Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Monza se aproxima de novo contrato de cinco anos com a Fórmula 1

compartilhar
comentários
Monza se aproxima de novo contrato de cinco anos com a Fórmula 1
Por:
30 de abr de 2019 12:01

Chefe da federação italiana de automobilismo confirmou que as conversas estão avançadas e que o contrato deve ser assinado em breve

Autoridades do Grande Prêmio da Itália deram mais um passo para finalizar um acordo para manter a corrida no calendário até 2024, após concordar com os termos financeiros dos chefes da Fórmula 1.

A corrida deste ano em Monza é a última nos termos do contrato atual, e temia-se que a falta de financiamento deixasse o evento sem conseguir um novo contrato com a Liberty Media.

Leia também:

Recentemente, a federação de automobilismo da Itália disse que precisava de 60 milhões de euros para o trabalho de renovação que deseja concluir antes do centenário de Monza em 2022.

Mas com uma perspectiva mais positiva na terça-feira, a entidade emitiu um comunicado dizendo que um novo contrato de cinco anos estava próximo.

"A ACI e a Fórmula 1 chegaram a um acordo geral sobre os aspectos econômicos do contrato de colaboração para o Grande Prêmio da Itália, em Monza, para o próximo período de cinco anos, entre 2020 e 2024", disse a nota.

"O Conselho Geral, portanto, deu ao seu presidente Angelo Sticchi Damiani o poder de continuar negociando com a Fórmula 1 sobre todos os aspectos técnicos e comerciais relacionados à parceria, a fim de alcançar, em um curto espaço de tempo, a assinatura do contrato, tornando a colaboração plenamente operacionalizada”.

Sticchi Damiani confirmou mais tarde o progresso em seu próprio twitter.

 

Traduzido, lê-se: “Um acordo geral foi alcançado sobre os aspectos econômicos do contrato de colaboração para o GP de Monza até 2024. Nós continuamos negociando com a F1 para alcançar, em um curto espaço de tempo, a assinatura do contrato”.

Com o obstáculo econômico superado, pode-se avançar na resolução dos outros aspectos do acordo para que ele seja formalmente aprovado.

O progresso de Monza acontece no mesmo dia em que Silverstone, anfitriã do Grande Prêmio da Grã-Bretanha, negou notícias de que havia concluído um novo contrato para manter a corrida até 2022.

Como em Monza, o contrato de Silverstone termina no final deste ano. A pista de Northamptonshire deixou claro que não vai se deixar levar pela organização da Fórmula 1, mas, apesar das longas negociações, ainda não há elementos para finalizar o acordo.

Em um tweet respondendo a rumores de que um novo contrato havia sido assinado, Silverstone respondeu: “Infelizmente há notícias não fundamentadas circulando nesta manhã sobre o acordo de um novo contrato para o Grande Prêmio da Inglaterra em Silverstone. No momento, podemos confirmar que não assinamos um contrato, mas as conversas ainda estão em andamento”.

 

Próximo artigo
Brawn defende estratégia de pneus da Ferrari na classificação em Baku

Artigo anterior

Brawn defende estratégia de pneus da Ferrari na classificação em Baku

Próximo artigo

Zandvoort pode substituir Barcelona no calendário 2020 da Fórmula 1

Zandvoort pode substituir Barcelona no calendário 2020 da Fórmula 1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Autor Jonathan Noble