Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
10 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
38 dias

Vettel vs Hamilton, Mercedes vs Ferrari: o que está em jogo no GP da França de F1

compartilhar
comentários
Vettel vs Hamilton, Mercedes vs Ferrari: o que está em jogo no GP da França de F1
Por:
, Repórter
20 de jun de 2019 12:20

Nova batalha entre os multicampeões e caça do time de Maranello à escuderia germânica devem animar a etapa de Paul Ricard

A temporada 2019 da Fórmula 1 vai se aproximando da metade e o GP da França marca mais uma etapa do mundial neste fim de semana. Na oitava das 21 corridas do ano, todos os holofotes estarão sobre Sebastian Vettel e Lewis Hamilton.

Os rivais foram protagonistas do polêmico do GP do Canadá, no qual o britânico herdou a vitória conquistada na pista pelo alemão. O ferrarista chegou em primeiro, mas sofreu controversa punição de 5 segundos por manobra perigosa após escapada na chicane de Montreal. Com isso, o triunfo caiu no colo do pentacampeão, que lidera o campeonato com folga.

Leia também:

O resultado foi ruim para o acirramento da disputa, mas Vettel deve chegar a Paul Ricard com 'sangue nos olhos' para mostrar a força da Ferrari. A escuderia italiana, aliás, foi bem no Canadá e agora busca consolidar sua caça à Mercedes, líder isolada do Mundial de Construtores. E falando nas equipes, também é preciso lembrar de seus outros pilotos.

Charles Leclerc e Valtteri Bottas precisam urgentemente de uma reação caso ainda pretendam se manter com prestígio interno em eventuais disputas no resto da temporada. Depois de começo irregular, Vettel já abriu boa vantagem para o monegasco, enquanto Hamilton controlou o ímpeto inicial do finlandês e está à frente do companheiro. Essas e outras questões estão em jogo no GP da França, como mostra abaixo o Motorsport.com. Confira:

Vettel vs Hamilton

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 puts his arm around Sebastian Vettel, Ferrari on the podium

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 puts his arm around Sebastian Vettel, Ferrari on the podium

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Depois da grande polêmica em Montreal, todos esperam mais uma batalha entre os rivais, que somam nove títulos da F1. Além da renovada vontade de finalmente bater Hamilton neste ano, Vettel precisa da vitória. O alemão está a 62 pontos do pentacampeão e tem que superar o britânico se quiser manter viva a esperança pelo título, que o deixaria empatado com o piloto da Mercedes e a lenda argentina Juan Manuel Fangio.

Mercedes vs Ferrari

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10, leads Charles Leclerc, Ferrari SF90

Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W10, leads Charles Leclerc, Ferrari SF90

Photo by: Jerry Andre / Sutton Images

O consistente ritmo da SF90 no GP do Canadá certamente anima o time de Maranello, que busca chegar mais perto do rendimento das 'Flechas de Prata', ainda superiores. E a aproximação é mais do que necessária para a escuderia italiana, já que a equipe germânica está 123 pontos à frente no Mundial de Construtores. A 'boa notícia' é que a corrida de Montreal foi a primeira de 2019 em que a Mercedes não colocou seus dois pilotos no pódio. Por outro lado, o circuito de Paul Ricard tende a favorecer a atual pentacampeã, que ainda tem o carro mais equilibrado.

Bottas e Leclerc

Charles Leclerc, Ferrari SF90, battles with Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10

Charles Leclerc, Ferrari SF90, battles with Valtteri Bottas, Mercedes AMG W10

Photo by: Joe Portlock / LAT Images

Valtteri Bottas e Charles Leclerc começaram 2019 brilhando e até ofuscando seus companheiros multicampeões. Agora, porém, a situação é desfavorável ao finlandês e ao monegasco. Bottas, que chegou a liderar o campeonato, está a 29 pontos de Hamilton. Já Leclerc dista 28 pontos de Vettel, após ofuscar o alemão nas primeiras corridas, principalmente no Bahrein. Se quiserem se manter firmes nas disputas deste ano, os 'segundos pilotos' precisam vencer. Caso contrário, as ordens de equipe serão cada vez mais frequentes para Bottas e, especialmente, Leclerc.

Evolução da Red Bull com novo motor Honda

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15

Max Verstappen, Red Bull Racing RB15

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

A Red Bull até chegou a ameaçar a Ferrari pelo posto de segunda melhor equipe no começo da temporada, mas o GP do Canadá deixou claro que, apesar dos grandes avanços em 2019, a Honda ainda tem um motor inferior às máquinas germânicas e italianas. Para a etapa francesa, porém, a fabricante japonesa entregará uma nova versão da unidade de potência à escuderia austríaca (e para Daniil Kvyat, da Toro Rosso). A expectativa é por modesto ganho de potência, mas o circuito não é tão dependente das retas quanto o de Montreal, o que deve facilitar a vida da Red Bull.

Renault se anima na briga do pelotão intermediário

Daniel Ricciardo, Renault R.S.19

Daniel Ricciardo, Renault R.S.19

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

A disputa entre as equipes médias tem sido uma das grandes atrações da temporada 2019 da F1. E o GP da França deve render mais um episódio interessante dessa batalha. Até porque será disputado na casa de uma das escuderias que mais se animou depois das últimas etapas. Trata-se da Renault, que voltou à boa forma após começo irregular no campeonato. No Canadá, Daniel Ricciardo e Nico Hulkenberg ficaram respectivamente em sexto e sétimo e o time amarelo já aparece em quinto entre os construtores, a apenas dois pontos da McLaren. A corrida de Paul Ricard traz mais uma chance para a consolidação da Renault, que busca se aproximar do top-3.

Próximo artigo
Hakkinen diz que erros de Vettel se devem a problemas da Ferrari

Artigo anterior

Hakkinen diz que erros de Vettel se devem a problemas da Ferrari

Próximo artigo

Ferrari é intimada para audiência que reavaliará punição a Vettel

Ferrari é intimada para audiência que reavaliará punição a Vettel
Carregar comentários