Fórmula 1
10 out
-
13 out
Evento encerrado
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Para Vettel, novas asas dianteiras estão “muito feias”

compartilhar
comentários
Para Vettel, novas asas dianteiras estão “muito feias”
Por:
20 de fev de 2019 15:16

Piloto da Ferrari diz que não entende por que F1 voltou atrás em ter asas dianteiras largas: "anos atrás desistimos delas"

Sebastian Vettel disse que as asa dianteiras mais largas e simples que foram introduzidas para esta temporada são feias e acha que a Fórmula 1 não aprendeu com os erros do passado.

O tetracampeão disse que não gostou do fato de a categoria retomar o uso de asas dianteiras que são da largura total do carro.

"A asa dianteira está muito feia", disse Vettel. “Eu não entendo porque é tão larga. Acho que anos atrás nós voltamos [para asas mais estreitas] porque achávamos que eram realmente ruins para corridas”.

“Agora voltamos para asas largas. Talvez tenhamos nos esquecido de fazer anotações. Se você olhar para o resto do carro, é lindo. Mas a dianteira de todas as equipes parece um pouco estranha.”

Vettel liderou o primeiro dia de testes de pré-temporada em Barcelona na segunda-feira com 1min18s161, dois segundos mais rápidos que o melhor tempo do mesmo dia do ano passado.

Esta melhoria de ritmo, com um conjunto de regras que deveriam tornar os carros mais lentos devido à redução do desempenho aerodinâmico, é em parte devido à pista estar muito mais rápida este ano.

No entanto, Vettel também informou que a pilotagem do carro não foi muito afetada.

"O carro está melhor do que parece, para ser honesto", disse ele. “Você não sente uma grande diferença. A questão é o quanto você perdeu em relação ao ano passado. Ainda estamos alcançando o ritmo, mas parece que estamos muito bem neste momento."

O teste desta semana em Barcelona é a primeira oportunidade de obter feedback dos pilotos sobre como os carros interagem uns com os outros na pista com as novas asas dianteiras.

O ex-companheiro de equipe de Vettel na Ferrari, Kimi Raikkonen, disse que precisa de mais tempo para obter um veredito sobre a eficácia da mudança de regras da F1.

O piloto da Alfa Romeo pontuou: "cheguei um pouco mais perto de outros carros, mas nunca cheguei realmente em posição de ataque para ver se está diferente do ano passado", disse ele.

"Eu tenho certeza que quando finalizarmos os testes, acabaremos em algum ponto atrás de outros carros."

Próximo artigo
Fittipaldi celebra dia “muito bom” apesar de pequeno problema elétrico

Artigo anterior

Fittipaldi celebra dia “muito bom” apesar de pequeno problema elétrico

Próximo artigo

F1 e Netflix anunciam série inédita; veja trailer

F1 e Netflix anunciam série inédita; veja trailer
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Sebastian Vettel Compre Agora
Equipes Ferrari Compre Agora
Autor Scott Mitchell