Pela segurança, Nasr não vê problemas em cockpits fechados

Masmo assim, brasileiro fez ressalva quanto à visibilidade dos carros. Piloto da Sauber também falou sobre a expectativa do comportamento do carro em Monza

Pela segurança, Nasr não vê problemas em cockpits fechados
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Marcus Ericsson, Sauber F1 Team
Felipe Nasr, Sauber F1 Team
Carregar reprodutor de áudio

Após trágica morte de Justin Wilson na Indy, a discussão sobre cockpits abertos ou fechados se intensificou. Como não podia deixar de ser, ela chegou a Monza, palco do GP da Itália de domingo. Felipe Nasr comentou sobre o assunto tão debatido nas últimas duas semanas:

“Não vejo nenhum problema. Do ponto de vista do piloto, se você olhar pelo lado da segurança, é melhor. No entanto, se você prefere ter mais visibilidade, você será mais favorável aos cockpits abertos."

"Mas como disse, não vejo problemas em relação a cockpits cobertos, já pilotei protótipos e não tive nenhum tipo de problema”

Outra polêmica que antecede o início dos trabalhos no circuito italiano é a questão dos pneus. Nesse caso, Nasr preferiu falar das medidas da fornecedora oficial da F1:

“Nós não tivemos nenhum tipo de problema com os pneus. Claro que há uma preocupação, especialmente quando se fala em velocidades elevadas – você não quer ser vítima deste tipo de falha. Mas fiquei satisfeito em ver que a Pirelli tomou algumas medidas de segurança para esta corrida”

O brasileiro também falou dos freios de sua Sauber, que o complicaram na pista da Bélgica:

"Estive na fábrica na semana passada e vimos que tivemos uma grande diferença de temperatura nos freios dianteiros em Spa, mas estamos confiantes que os que nós trouxemos aqui vão nos dar o equilíbrio necessário."

Independentemente dos motivos dos problemas das últimas etapas, Nasr chegou atrás de seu companheiro de equipe, Marcus Ericsson nas últimas quatro provas. O sueco falou da "invencibilidade" em cima do brasileiro:

"Venho trabalhando muito, principalmente mudando minha forma de atuar durante um fim de semana de corrida, focando mais em mim do que os outros estão fazendo. É incrível observar que isso está nos trazendo bons resultados. Preciso continuar trabalhando duro e não relaxar", comentou Ericsson.

compartilhar
comentários
De contrato renovado, Massa comemora ano "mais consistente"
Artigo anterior

De contrato renovado, Massa comemora ano "mais consistente"

Próximo artigo

Vettel brinca sobre Monza: "feliz por não ser mais vaiado aqui"

Vettel brinca sobre Monza: "feliz por não ser mais vaiado aqui"