Perez se defende de críticas de Ocon: “Fiz o meu trabalho”

Mexicano diz que parceiro não conseguiria passar Ricciardo por não ter se aproximado tanto durante a prova

Perez se defende de críticas de Ocon: “Fiz o meu trabalho”
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India
Sergio Perez, Sahara Force India
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 and Sergio Perez, Sahara Force India
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10, battles Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10, at the start. The pair follow Felipe Massa, Williams FW40, Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF70H, Felipe Massa, Williams FW40, Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM10 and Esteban Ocon, Sahara Force India F1 VJM10
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H battle
Sergio Perez, Sahara Force India VJM10, Esteban Ocon, Sahara Force India VJM10 and Sebastian Vettel, Ferrari SF70H battle

Sergio Perez acredita que tomou a decisão correta neste domingo em Montreal. O piloto desobedeceu as ordens de sua equipe de deixar seu companheiro, o francês Esteban Ocon, passar para atacar Daniel Ricciardo pelo terceiro lugar.

Perez diz que seria impossível para o piloto passar Ricciardo, já que Esteban não conseguia lhe passar.

"Quando a equipe me pediu para ver se eu poderia deixar passar Esteban, nós estávamos dando uma volta sobre alguns carros a nossa frente. E eu pensei que o Daniel teria tráfico, e eu só precisava de 3 décimos de segundo para ter uma oportunidade sobre ele, e tive que tentar quando vi a oportunidade de alcançar Ricciardo com os retardatários à frente. Eu pedi a equipe para corrermos e foi um excelente resultado. É isso que vou ter que explicar para a equipe. Podemos estar felizes", disse o mexicano à imprensa.

Perez reconheceu que também não tinha ritmo para recuperar a desvantagem para a Red Bull, que ficou com o último lugar no pódio.

"Eu acho que tudo foi pela oportunidade de alcançar Ricciardo. Eu provavelmente tinha 14 voltas para tentar passar. Estive muito próximo a cada volta, mas não conseguia passar. Esteban teve a mesma oportunidade para me passar e simplesmente não teve ritmo para fazer."

"Foi uma corrida onde eu estive o tempo todo atrás de Ricciardo, mas depois sofri com os freios e tive que dar espaço para não superaquecê-los. Foi uma corrida super intensa do início ao fim.”

Em relação ao incidente na última volta quando Ocon reclamou sobre a movimentação de Perez no rádio, o mexicano disse que as últimas voltas foram difíceis, começando com o ataque de Sebastian Vettel.

"Com Vettel, já não tinha pneus dianteiros e o deixei passar porque estávamos muito perto de nossa posição", disse o membro da Force India.

"Eu acho que chegamos onde merecemos. Sim, ele (Ocon) tinha pneus melhores, mas não foi capaz de me passar. Acho que só na última volta, e graças a Ericsson, que ele pôde se aproximar. Mas antes ele não esteve tão perto."

compartilhar
comentários
Hamilton: Se dissessem que igualaria Senna, acharia loucura

Artigo anterior

Hamilton: Se dissessem que igualaria Senna, acharia loucura

Próximo artigo

Verstappen diz que sua temporada tem sido “uma droga”

Verstappen diz que sua temporada tem sido “uma droga”
Carregar comentários