Quebra de disco de freio causou batida de Leclerc com Ferrari de Lauda em Mônaco

Imagem exclusiva do Motorsport.com aponta falha que levou ao incidente

Quebra de disco de freio causou batida de Leclerc com Ferrari de Lauda em Mônaco
Carregar reprodutor de áudio

Mesmo sem Fórmula 1 no fim de semana, Charles Leclerc acabou aparecendo no noticiário do domingo ao bater com a Ferrari usada por Niki Lauda na temporada de 1974 durante o GP Histórico de Mônaco.

Ele rodou na Rascasse e foi parar no muro, no lado esquerdo da curva, após sofrer uma falha inesperada do freio durante sua terceira volta de exibição, terminando com danos na asa traseira.

Leia também:

Apesar de ter conseguido seguir, Leclerc eventualmente chegou à reta principal com fumaça saindo da parte de trás do carro, antes de sair para fazer uma inspeção. Falando logo após o incidente, Leclerc tratou de deixar claro que a batida não foi erro humano e sim resultado de algo que havia acontecido com o carro.

"Eu perdi os freios. Eu perdi os freios! Eu freei, o pedal estava duro e foi parar no assoalho. Tive sorte que isso aconteceu naquele momento, porque se fosse em outro lugar, não seria bom... o problema é que me assustei. Eu cheguei normalmente à curva".

Detalhe do disco de freio quebrado que causou a batida de Leclerc em Mônaco

Detalhe do disco de freio quebrado que causou a batida de Leclerc em Mônaco

Como é possível ver nessa fotografia exclusiva do Motorsport.com, o incidente de Leclerc parece ter sido causada por uma falha total do freio dianteiro esquerdo. A imagem, tirada logo antes da rodada, mostra um disco de freio totalmente quebrado no chão após ter se soltado.

Sem ter como frear o lado dianteiro esquerdo do carro, a carga do freio ficou totalmente para o lado direito, deixando Leclerc sem ter o que fazer ao ver o carro chicoteando imediatamente.

A 312B3 que Leclerc estava guiando em Mônaco pertence à Methuselah Racing, baseada em Colônia, liderada por Mario Linke. Lauda guiou este carro em seu primeiro ano com a Ferrari, em 1974. Ele foi segundo colocado na primeira corrida, na Argentina, vencendo pela primeira vez na Espanha, voltando a triunfar na Holanda.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST #177 - Red Bull 'roubou' status de favorita ao título da Ferrari?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Ecclestone vê acaso como fator decisivo na disputa entre Leclerc e Verstappen
Artigo anterior

F1: Ecclestone vê acaso como fator decisivo na disputa entre Leclerc e Verstappen

Próximo artigo

F1: Verstappen acredita que Miami e Vegas não substituirão Mônaco

F1: Verstappen acredita que Miami e Vegas não substituirão Mônaco