Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Red Bull diz que não se assusta com asas radicais da Ferrari e da Alfa

compartilhar
comentários
Red Bull diz que não se assusta com asas radicais da Ferrari e da Alfa
Por:
19 de fev de 2019 12:55

Chefe da equipe diz que é mais importante ver quais serão os conceitos de suas rivais na Austrália

A Red Bull está confiante de que não está atrás no design da asa dianteira deste ano, apesar das soluções radicais adotadas pela Ferrari e pela Alfa Romeo.

As equipes de Fórmula 1 tiveram que trabalhar em novas frentes de ataque neste ano graças a uma revisão das regras aerodinâmicas que visam tentar ajudar nas ultrapassagens. As asas simplificadas e mais amplas levaram a uma divisão entre as equipes sobre a melhor forma de recuperar o downforce perdido.

Enquanto times como Red Bull e Mercedes optaram por elementos de asa mais tradicionais, a Ferrari e a Alfa Romeo fizeram algo diferente com as bordas externas das abas das asas enroladas para tentar direcionar o ar ao redor do pneu dianteiro.

O chefe da Red Bull, Christian Horner, não vê motivos para sua equipe se preocupar com a situação, pois acredita que o projeto da asa dianteira adotado é mais adequado ao conceito geral de carro.

Perguntado se estava preocupado com o que as outras equipes haviam feito com suas asas, Horner disse: "preocupado é provavelmente um pouco extremo”.

"Mas é interessante ver as diferentes aplicações, e será interessante ver não o que as pessoas têm aqui no primeiro dia, mas o que elas terão em Melbourne em um mês."

Horner admitiu que, com a asa dianteira sendo uma parte muito influente para o desempenho geral do carro, qualquer mudança importante em seu conceito pode ter consequências mais amplas.

Perguntado se seria possível mudar o conceito de asa dianteira durante o ano, Horner disse: "depende do quanto você quer mudar”.

"Claro que tudo funciona em coordenação com todo o resto. Não é apenas uma questão de olhar para uma aba e dizer ‘queremos mudar a forma disso’, porque obviamente isso tem um efeito em todo o resto do carro.”

"Estamos felizes com o conceito que escolhemos e vamos ver como isso evolui e se desenvolve durante a temporada."

Horner disse que a Red Bull considerou muitas ideias de design durante a criação de seu RB15, e calculou que as asas de todas as equipes evoluiriam em 2019.

"Nós olhamos muitos cenários diferentes", disse ele. "Obviamente, a rota que escolhemos é a melhor para o nosso conceito. Isso não quer dizer que funcionaria em um conceito da Ferrari”.

"Tenho certeza de que evoluirá à medida que a temporada começar. Não acho que os carros que você vê aqui sejam muito parecidos com o que você verá em Melbourne."

Sebastian Vettel, Ferrari SF90

Sebastian Vettel, Ferrari SF90

Photo by: Charles Coates / LAT Images

Próximo artigo
Leclerc continua domínio da Ferrari na manhã do segundo dia

Artigo anterior

Leclerc continua domínio da Ferrari na manhã do segundo dia

Próximo artigo

Vettel diz não querer sair da Ferrari com “missão incompleta”

Vettel diz não querer sair da Ferrari com “missão incompleta”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing Compre Agora
Autor Jonathan Noble