Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
52 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
59 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
73 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
87 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
101 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
108 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
122 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
136 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
143 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
164 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
178 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
192 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
220 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
227 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
241 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
248 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
262 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
276 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
283 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
297 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
311 dias

Red Bull diz que tentou de tudo para manter Ricciardo

compartilhar
comentários
Red Bull diz que tentou de tudo para manter Ricciardo
Por:
29 de dez de 2018 14:04

Chefe da equipe austríaca fala que time não poupou esforços para seguir com australiano em 2019

Chefe da Red Bull, Christian Horner acredita que sua equipe fez de tudo para convencer Daniel Ricciardo, da Renault, a permanecer no time para a próxima temporada. Após semanas de discussões, Ricciardo deveria assinar um novo contrato com a equipe de Milton Keynes logo após o GP da Hungria, no final de julho.

Mas o australiano optou por se juntar à Renault e surpreendeu Horner e o chefe de esporte a motor da Red Bull, Helmut Marko, quando ele os informou sobre sua decisão.

"Nós analisamos isso e acho que fizemos tudo o que podíamos para mantê-lo", disse Horner ao Motorsport.com.

“Ele realmente disse isso – ele fez o clássico término de relacionamento – ‘não é você, sou eu’. E acho que ele realmente queria assumir um novo desafio.”

“Acho que ele provavelmente também estava preocupado com seu valor, com a evolução de Max Verstappen e provavelmente estava incerto sobre a Honda naquele momento. Posteriormente, ele viu que o que estávamos falando começou a entender.”

"Você sempre tem um Plano B. Acho que, uma vez que entendemos que ele estava falando sério, que essa era a sua mentalidade, foi uma decisão muito fácil chegar em Pierre Gasly".

Horner insiste, no entanto, que a Red Bull não favoreceu Verstappen sobre Ricciardo.

"O piloto número um nessa equipe é o piloto que está à frente na pista", afirmou. "Essa é a regra simples”.

"E há zero favoritismo na forma como operamos a equipe, de um piloto para o outro. Daniel dirá isso muito abertamente. O México foi a primeira vez que Daniel superou Max desde Mônaco. As qualificações de Max foram ótimas, e isso provavelmente fez parte da decisão de Daniel em relação ao futuro.”

Horner também reconheceu que Ricciardo teve um momento frustrante com problemas de confiabilidade, com oito abandonos ao longo de 2018, fazendo com que ele caísse para o sexto lugar nos pontos.

"Acho que foi uma temporada difícil para Daniel. Ele teve que lidar com a evolução contínua de Max e, embora tenham ocorrido problemas para ambos os pilotos, eles tendiam a acontecer com Daniel aos domingos, em vez de com Max.”

“O rolamento de embreagem que falhou com Daniel no domingo no México, Max teve o mesmo problema na sexta-feira. Nos treinos no Brasil, o reservatório de óleo de Max desenvolveu um vazamento e uma rachadura que já estavam lá do México. Mas, felizmente, o carro não parou lá.”

"E, no entanto, 12 meses atrás, Max estava tendo essa má sorte."

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, climbs from his car after stopping on track

Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, climbs from his car after stopping on track

Photo by: Glenn Dunbar / LAT Images

Próximo artigo
Renault: F1 precisa proporcionar vitórias “a um custo razoável”

Artigo anterior

Renault: F1 precisa proporcionar vitórias “a um custo razoável”

Próximo artigo

Stroll: sou um piloto muito mais completo hoje do que há um ano

Stroll: sou um piloto muito mais completo hoje do que há um ano
Carregar comentários