Rosberg diz que não vai contar segredos de Hamilton a Bottas

Alemão diz que não irá contar segredos a novo companheiro de Lewis Hamilton na equipe Mercedes

Rosberg diz que não vai contar segredos de Hamilton a Bottas
World Champion Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 shakes hands with team mate and race winner Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1
Lewis Hamilton, Mercedes F1 Team testing 2017-spec Pirelli tyres
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1, 2016 World Championship Victory Behind-the-Scenes
Valtteri Bottas, Mercedes
Valtteri Bottas, Mercedes
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1, Max Verstappen, Red Bull Racing
Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid (Screenshot)
Carregar reprodutor de áudio

Nico Rosberg pendurou o capacete após se tornar campeão da Fórmula 1 em 2016, superando Lewis Hamilton. O escolhido para substituir o alemão na Mercedes foi Valtteri Bottas, que assinou um contrato de um ano com o time germânico.

Em entrevista à agência de notícias Reuters, Rosberg revelou que Bottas entrou em contato com ele para conversar, mas deixou a entender que não contará nada que possa ajudar o finlandês na disputa interna contra Hamilton. O campeão, entretanto, crê que o ex-Williams pode ter um ano competitivo.

"Valtteri é muito talentoso e pode alcançar grandes feitos se o time der a ele um bom carro. Ele me perguntou se podemos conversar e eu estou feliz com isso. Mas vou me manter neutro, não contarei segredos de Lewis, por exemplo. Apenas vou ajudá-lo a se integrar melhor ao time", disse.

Rosberg, que só terminou à frente de Hamilton em um dos quatro campeonatos que disputaram juntos, reconhece que Bottas tem um duro desafio pela frente no duelo interno na Mercedes.

"Não diria a ele para esperar uma vida tranquila, isso é fato. Será um desafio chegar a uma nova equipe com Lewis estando lá por tantos anos e em um momento de novo regulamento. Lewis é um dos melhores pilotos da atualidade, o nível é extremamente alto", afirmou.

Por fim, Rosberg admitiu que está aberto para ser amigo de Hamilton novamente agora que eles não são mais rivais - o relacionamento entre os dois foi se deteriorando durante os anos em que dividiram o time alemão.

"A competição acabou. Já tivemos alguns momentos bacanas e relaxados. Quem sabe, eu estou aberto para ter um bom relacionamento com ele novamente daqui para a frente", completou.

compartilhar
comentários
Renault contrata chefe de aerodinâmica da Red Bull
Artigo anterior

Renault contrata chefe de aerodinâmica da Red Bull

Próximo artigo

Parlamento da UE apoia investigação sobre cartel na F1

Parlamento da UE apoia investigação sobre cartel na F1
Carregar comentários