Rosberg vê Red Bull veloz em Mônaco: "estão à nossa frente"

Para Nico Rosberg, time de Milton Keynes foi mais veloz no primeiro dia de treinos livres em Mônaco; Lewis Hamilton, no entanto, vê briga acirrada com a Red Bull no principado

Rosberg vê Red Bull veloz em Mônaco: "estão à nossa frente"
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W07 Hybrid
Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB12
Carregar reprodutor de áudio

Com a versão atualizada do motor Renault, Daniel Ricciardo foi o mais veloz nos treinos livres de quinta-feira (26) em Mônaco, colocando cerca de 0s6 sobre Lewis Hamilton, o segundo colocado, e quase 0s9 em Nico Rosberg, o terceiro.

A derrota deixou Rosberg preocupado, tanto que o líder do campeonato reconheceu a superioridade de Ricciardo e disse que não há como tirar tal diferença apenas dando mais potência ao motor germânico.

"É bem simples: eles estão à nossa frente e foram mais rápidos. Então precisamos analisar os dados e ver se conseguimos encontrar algo que nos permita tirar essa grande diferença. Claro que podemos dar mais potência para o motor, mas não teremos seis décimos só nisso", disse.

"Se estou confiante após os primeiros treinos livres? Não, pois a Red Bull se mostrou mais veloz. Entretanto, tenho confiança de que podemos fazer um grande trabalho e melhorar o carro. Se isso será suficiente, eu não sei dizer", afirmou Rosberg.

Por fim, o alemão revelou que, se a classificação tivesse sido na quinta, a Mercedes teria sofrido a primeira derrota na formação do grid desde o GP de Cingapura de 2015. "Eles estariam na nossa frente. Precisamos encontrar mias ritmo, não será fácil", ponderou.

Hamilton: diferença é "pequena"

Hamilton, por sua vez, está mais otimista do que Rosberg após os primeiros treinos livres, sugerindo que a diferença entre Mercedes e Red Bull é menor do que o que se viu na quinta.

"Os carros da Red Bull parecem rápidos. A diferença é pequena, este não é um circuito que exige muita potência. Essa disputa é boa, fica mais emocionante para os fãs", disse.

"Creio que eles são mais do que uma ameaça aqui, estão muito velozes. Não sei de onde vieram esses seis décimos, mas tenho mais a oferecer. Será uma disputa acirrada", completou o atual campeão.

compartilhar
comentários
Análise técnica: as placas da asa traseira da Red Bull
Artigo anterior

Análise técnica: as placas da asa traseira da Red Bull

Próximo artigo

20 anos: quando só quatro carros viram a bandeirada na F1

20 anos: quando só quatro carros viram a bandeirada na F1