Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Sainz: McLaren não pode estagnar desenvolvimento como em 2018

compartilhar
comentários
Sainz: McLaren não pode estagnar desenvolvimento como em 2018
Por:
Co-autor: Edd Straw
26 de mar de 2019 12:02

"Precisamos de atualizações para desenvolver o carro e não cair na armadilha da última temporada”, disse o novo piloto da escuderia

Novo piloto da McLaren para o campeonato 2019 da Fórmula 1, Carlos Sainz disse que a equipe não pode cair na “armadilha” de estagnar o desenvolvimento de seu monoposto durante o ano se quiser bons resultados. “Se nossas atualizações funcionarem, estou convencido de que vamos avançar. Precisamos delas o mais cedo possível para desenvolver o carro e não cair na mesma armadilha da última temporada”, disse o espanhol.

Na última temporada, a McLaren começou de forma promissora, conquistando pontos nas primeiras cinco corridas e chegando a ocupar o terceiro lugar no campeonato de construtores. Depois, porém, ficou estagnada, terminando o campeonato em um distante sexto posto na classificação de equipes e chegando a batalhar com a Williams na ponta de baixo da tabela.

Leia também:


Em 2019, a escuderia de Woking começou com uma ida ao Q3, com Lando Norris, em Melbourne. Na corrida, porém, o novato inglês acabou perdendo posições e ficou fora da zona de pontuação, bem como seu companheiro Carlos Sainz, que teve problemas na unidade de potência e teve de abandonar no começo da prova.

Entretanto, o espanhol se mantém otimista para o decorrer da temporada: "Sabemos a direção a seguir e sabemos que o carro, no momento, tem o ritmo para estar no mix: algumas corridas no Q3, algumas não. Mas temos um bom programa de desenvolvimento e, se conseguirmos, teremos sucesso”.

Sainz se classificou apenas em 18º na Austrália, já que foi atrapalhado por um incidente de Robert Kubica, da Williams, no fim do Q1, quando tentava sua volta rápida. Na corrida, um problema no MGU-K fez o ex-Renault ser o primeiro a abandonar, depois de somente nove voltas. Àquela altura, ele já era 14º e estava disputando posições com Lance Stroll e Daniil Kvyat, que pontuaram em Albert Park.

"Isso mostra que o carro podia conseguir pontos, então vamos ver como ele se adapta a outras pistas como Bahrein e China", disse Sainz. "Mas o sentimento inicial foi muito bom, já que pude atacar a Racing Point de Stroll à frente e pude ultrapassar quatro carros. E eu estava no meio do bolo”.

Carlos Sainz Jr., McLaren

Carlos Sainz Jr., McLaren

Photo by: Mark Sutton / Sutton Images

Próximo artigo
FIA confirma repressão mais rigorosa à queima de óleo em 2020

Artigo anterior

FIA confirma repressão mais rigorosa à queima de óleo em 2020

Próximo artigo

No Bahrein, Ricciardo se diz ansioso para colocar GP da Austrália “de lado”

No Bahrein, Ricciardo se diz ansioso para colocar GP da Austrália “de lado”
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Carlos Sainz Jr. Compre Agora
Equipes McLaren Compre Agora
Autor Matt Beer