Stroll diz que é "ridículo" que Leclerc não tenha sido punido por toque na primeira volta

compartilhar
comentários
Stroll diz que é "ridículo" que Leclerc não tenha sido punido por toque na primeira volta
Por:

Canadense abandonou a corrida e monegasco da Ferrari terminou em sexto

Lance Stroll cobrou os comissários por uma punição a Charles Leclerc após o monegasco tocar o canadense e causar seu abandono no GP da Rússia de Fórmula 1. De acordo com o piloto da Racing Point, é "ridículo" que Leclerc não tenha sido punido.

O canadense estava na linha externa na entrada Curva 4 na primeira volta, quando Leclerc, que vinha pelo lado de dentro, tocou a Racing Point, que foi lançada para fora e colidiu com a barreira de proteção.

Leia também:

O incidente foi anotado pelos comissários, mas nenhuma punição foi considerada necessária. Leclerc terminou a corrida em sexto pela Ferrari e Stroll abandonou.

O canadense discorda da decisão dos comissários e acredita que era necessário punir o piloto da Ferrari.

"Estou bastante surpreso por ele não ter sofrido nenhuma punição", disse ele à Sky Sports. "Dei bastante espaço para ele, fiz a curva inteira do lado de fora e ele apenas acertou minha traseira direito".

"Eu dei a ele todo o espaço que pude e fui azarado. Mas ele poderia ter evitado, não precisava ter espalhado tanto para cima de mim. É meio ridículo que ele não tenha recebido uma punição".

O companheiro de equipa do canadense, Sergio Pérez, teve uma corrida forte e chegou na quarta posição.

Questionado sobre o que pensava que teria sido possível fazer na corrida, Stroll disse: "Acho que podíamos ter feito o máximo possível. Penso que estávamos em sétimo naquele momento, tive uma excelente largada, estávamos com um bom pneu, por isso é uma pena".

Preservar pneus foi chave para Pérez

A forte gestão de pneus de Perez com os pneus macios ajudou-o a compensar uma largada ruim, na qual ficou para trás de ambos os pilotos da Renault, para só mais tarde recuperar a posição em que se classificou.

"Além do início, ficou tudo bem", disse ele à Sky Sports. “Aquele lado da pista estava totalmente sem aderência, assim que larguei a embreagem, derrapei e perdi a posição para as duas Renaults".

"Felizmente, acho que fizemos uma gestão muito boa com aqueles pneus macios no primeiro stint e isso basicamente fez o resultado da nossa corrida".

Perez também ultrapassou Daniel Ricciardo na pista, e disse que achava que "haveria apenas uma chance".

"Vi que ele estava com problemas com os pneus e era importante ultrapassá-lo rápido. E funcionou bem, estou satisfeito", acrescentou o mexicano.

Perez disse que o quarto lugar era "o máximo que poderíamos fazer" e disse que está esperançoso de que as atualizações cheguem a seu carro para a próxima corrida - já que apenas Stroll recebeu atualizações em Sochi.

PÓDIO: Hamilton é punido e Bottas vence na Rússia, com Verstappen em segundo

PODCAST: Qual é o limite de Max Verstappen na Red Bull?

 

Vettel detona: "Problema é com o carro inteiro"; Ferrari rebate e compara alemão com Leclerc

Artigo anterior

Vettel detona: "Problema é com o carro inteiro"; Ferrari rebate e compara alemão com Leclerc

Próximo artigo

Horner diz que Verstappen está "pilotando em um nível muito alto" e fala sobre dificuldades de Albon

Horner diz que Verstappen está "pilotando em um nível muito alto" e fala sobre dificuldades de Albon
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pilotos Lance Stroll , Charles Leclerc
Autor James Newbold