Fórmula 1
R
GP da Austrália
12 mar
-
15 mar
Próximo evento em
45 dias
19 mar
-
22 mar
Próximo evento em
52 dias
02 abr
-
05 abr
Próximo evento em
66 dias
16 abr
-
19 abr
Próximo evento em
80 dias
30 abr
-
03 mai
Próximo evento em
94 dias
07 mai
-
10 mai
Próximo evento em
101 dias
21 mai
-
24 mai
Próximo evento em
115 dias
R
GP do Azerbaijão
04 jun
-
07 jun
Próximo evento em
129 dias
11 jun
-
14 jun
Próximo evento em
136 dias
25 jun
-
28 jun
Próximo evento em
150 dias
R
GP da Áustria
02 jul
-
05 jul
Próximo evento em
157 dias
R
GP da Grã-Bretanha
16 jul
-
19 jul
Próximo evento em
171 dias
30 jul
-
02 ago
Próximo evento em
185 dias
R
GP da Bélgica
27 ago
-
30 ago
Próximo evento em
213 dias
03 set
-
06 set
Próximo evento em
220 dias
R
GP de Singapura
17 set
-
20 set
Próximo evento em
234 dias
24 set
-
27 set
Próximo evento em
241 dias
08 out
-
11 out
Próximo evento em
255 dias
R
GP dos Estados Unidos
22 out
-
25 out
Próximo evento em
269 dias
29 out
-
01 nov
Próximo evento em
276 dias
12 nov
-
15 nov
Próximo evento em
290 dias
R
GP de Abu Dhabi
26 nov
-
29 nov
Próximo evento em
304 dias

Primeiro treino da F1 em Baku é suspenso por problema com bueiro

compartilhar
comentários
Primeiro treino da F1 em Baku é suspenso por problema com bueiro
Por:
, Repórter
26 de abr de 2019 09:47

George Russell passou com sua Williams por cima de um bueiro solto e danificou o assoalho do FW42 no Azerbaijão

Um fato inusitado fez com que o primeiro treino livre para o GP do Azerbaijão fosse suspenso nesta sexta-feira, em Baku: um bueiro solto causou a interrupção da sessão prática da quarta prova da temporada 2019 da Fórmula 1 após aproximadamente 15 minutos. Isso porque George Russell danificou o assoalho de sua Williams ao passar sobre o bueiro, localizado entre as curvas 2 e 3, com o FW42.

 

"Eu acertei o bueiro e tive um grande dano no corpo do carro", explicou Russell à Sky Sports. "Eu estava apenas seguindo em frente na minha linha normal". Já Claire Williams descreveu a situação como "inaceitável": "Não é o que você esperaria de um circuito de Fórmula 1, as tampas de drenagem devem ser soldadas. Vamos discutir com a direção de prova".

Leia também:


Os danos no monoposto da tradicional equipe inglesa fizeram com que o novato tivesse que parar na pista, levando à interrupção temporária do TL1. Quando o carro era retirado, a haste do guincho bateu numa passarela do circuito de rua, estragando a parte hidráulica do veículo de resgate. O FW42 de Russell teve que ser içado por um outro guincho, numa cena inusitada para a Fórmula 1, marcada por seu profissionalismo.

 

Em imagens recuperadas, foi identificado que Charles Leclerc passou sobre o mesmo trecho da pista com a roda dianteira esquerda de sua Ferrari, fazendo com que o bueiro saísse do chão por alguns instantes. Logo em seguida, em traçado um pouco diferente do monegasco, Russell acabou levando a pior, danificando boa parte do assoalho de sua Williams. Após uma interrupção temporária num primeiro momento, a sessão foi dada como suspensa para que o circuito, que tem cerca de 300 tampas de bueiro, fosse revisado.

 

Todas as equipes, exceto Mercedes, completaram pelo menos uma volta de instalação nos primeiros 10 minutos do TL1, enquanto os dois pilotos da Ferrari foram os únicos a marcar voltas cronometradas. Charles Leclerc registrou o tempo mais rápido no pneu médio, com 1min47s597, dois segundos mais rápido que o companheiro de equipe Sebastian Vettel.

Man hole cover

Man hole cover

Photo by: Simon Galloway / Sutton Images

Próximo artigo
Coluna do Esteban Gutiérrez: O trabalho que resultou em três dobradinhas da Mercedes

Artigo anterior

Coluna do Esteban Gutiérrez: O trabalho que resultou em três dobradinhas da Mercedes

Próximo artigo

Russell perderá segundo treino em Baku após acidente com bueiro

Russell perderá segundo treino em Baku após acidente com bueiro
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP do Azerbaijão
Sub-evento Treino livre 1
Pilotos George Russell
Equipes Williams
Autor Carlos Costa