Tsunoda tem "carta na manga" para sair na frente com novos pneus da F1

Japonês já experimentou os compostos de 18 polegadas, que estreiam em 2022, na Fórmula 2, quando teve um ótimo ano na categoria de base em 2020

Tsunoda tem "carta na manga" para sair na frente com novos pneus da F1
Carregar reprodutor de áudio

Yuki Tsunoda acredita que a experiência adquirida com rodas de 18 polegadas na Fórmula 2 pode lhe dar uma vantagem na Fórmula 1 nesta temporada. Como parte da revisão das regras na categoria, que inclui a volta dos carros de efeito solo, a Pirelli também está mudando para pneus de tamanhos diferentes.

A fabricante trocou a borracha anterior de 13 polegadas pela nova de 18, a qual acredita estar muito mais próxima do que é relevante para carros de rua. A F2 já fez essa mudança há algum tempo, em 2020, quando o japonês teve uma impressionante temporada na divisão, e ele crê que o que aprendeu naquele ano pode colocá-lo em uma boa posição para os desafios futuros.

Leia também:

Tendo pilotado o carro da F1 2022 no simulador e participado do teste pós-GP de Abu Dhabi do ano passado, Tsunoda acha que a experiência dos novos pneus é semelhante à que enfrentou na F2.

"O carro geralmente parece muito mais nítido, com movimentos mais nítidos e, a longo prazo, as rodas maiores dão uma sensação completamente diferente daquela dos pneus antigos de 13 polegadas", disse ele. "Já experimentei isso antes, porque quando corri na F2 fizemos a mesma transição e senti a mesma diferença lá. Parecia um passo semelhante."

"Então, acho que posso usar a experiência que tive na F2, mas não são apenas os pneus que mudam este ano, o novo carro faz com que haja muitas coisas para aprender e se adaptar."

Yuki Tsunoda, AlphaTauri

Yuki Tsunoda, AlphaTauri

Photo by: AlphaTauri

Tsunoda vem de uma temporada de estreia de 'montanha-russa' na F1, onde um início impressionante no GP do Bahrein foi seguido por uma série de incidentes e batidas que destruíram sua confiança.

No entanto, ele melhorou no meio do ano e encerrou o campeonato com o quarto lugar em Abu Dhabi, seu resultado de maior destaque na carreira. Isso o deixou otimista para 2022, embora ele ache que haverá ainda mais pressão.

"Estou realmente ansioso para correr novamente", comentou. "Sinto que tenho uma compreensão muito melhor do que fazer do que há um ano. Sei como me preparar para ter bom ritmo, sei quais são meus pontos fracos, tenho toda a experiência do ano passado para desenvolver e trabalhado duro para estar pronto."

"No último campeonato, se algo inesperado ou incomum acontecesse, eu não conseguia me adaptar rápido o suficiente para lidar com a situação, e é por isso que sofri em muitas corridas."

"Terminei bem 2021, com um quarto lugar em Abu Dhabi, então quero levar esse impulso para esta nova temporada. Sinto mais pressão para me apresentar agora do que antes, mas é uma boa pressão, que é motivação para comigo mesmo quando estou treinando."

O que a AlphaTauri REVELOU no lançamento do AT03, seu carro para a F1 2022?

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #161: O que aprovamos e reprovamos para temporada 2022 da F1

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: FIA 'recua' e ainda não divulga plano de reestruturação após GP de Abu Dhabi de 2021
Artigo anterior

F1: FIA 'recua' e ainda não divulga plano de reestruturação após GP de Abu Dhabi de 2021

Próximo artigo

F1: Novo carro da Alfa Romeo aparece em Fiorano com pintura camuflada; confira imagens exclusivas

F1: Novo carro da Alfa Romeo aparece em Fiorano com pintura camuflada; confira imagens exclusivas