F1: Ricciardo teria recebido ultimato de Helmut Marko; entenda

De acordo com o jornal New Zeland Herald, Liam Lawson pode assumir o assento na VCarb em breve

Liam Lawson, piloto reserva, Visa Cash App RB F1 Team, com Helmut Marko, consultor, Red Bull Racing, Peter Bayer, CEO, RB F1 Team

Andrew Ferraro / Motorsport Images

Depois de mais um fim de semana difícil para Daniel Ricciardo na temporada 2024 da Fórmula 1, há relatos vindo da Nova Zelândia que a posição do australiano já está sob forte pressão.

Leia também:

De acordo com o jornal The New Zeland Herald, Ricciardo teria recebido um ultimato do conselheiro da Red Bull, Helmut Marko. O australiano teria até o GP da China para conseguir apresentar uma melhora nas suas performances para não ser substituído por Liam Lawson

Piloto reserva da equipe de Milton Keynes, Lawson, que participou de cinco corridas no ano passado quando Ricciardo se machucou, também é o principal candidato a assumir a vaga de Sergio Pérez na Red Bull, de acordo com a mídia neozelandesa.

Não é segredo que o início da temporada não tem sido muito bom para Ricciardo. Ele perdeu todos os três duelos de classificação para Yuki Tsunoda até agora e o piloto de 34 anos de Perth também não está se saindo bem nas corridas.

Após o GP da Austrália, no qual terminou em 12º lugar, enquanto o sétimo lugar de Tsunoda deu à RB seus primeiros pontos na temporada, Ricciardo enfatizou que acredita em uma reviravolta: "Para ser honesto, me sinto bem, mas, infelizmente, por causa dos resultados, ainda não me sinto muito bem. Nas próximas uma ou duas corridas, receberemos algumas peças novas para o carro. Espero que a recuperação seja rápida. E, antes que você perceba, estaremos nos saindo muito bem novamente", disse o herói da casa após a corrida.

Os relatos da Nova Zelândia parecem um tanto prematuros, apesar da situação e do desempenho atuais de Ricciardo. De fato, este ano, a equipe irmã da Red Bull Racing conseguiu conquistar alguns patrocinadores importantes nos EUA, graças, em parte, à presença do imensamente popular australiano. A equipe, que oficialmente se chama Visa Cash App RB F1 Team, obviamente não gostaria de ver uma das estrelas do show substituída antes da primeira corrida de Fórmula 1 do ano nos Estados Unidos: o GP de Miami. 

Além disso, a temporada tem apenas três corridas e, embora a Red Bull não seja estranha a mudanças precoces de pilotos - como foi o caso em 2016 com Daniil Kvyat e Max Verstappen após quatro corridas -, seria muito cedo para mostrar a porta de saída ao experiente Ricciardo, portanto, esses relatórios devem ser tomados com cautela.

É verdade que Marko pressionou Ricciardo e Tsunoda para que tivessem um desempenho melhor, embora o austríaco tenha se mostrado um pouco mais moderado após a corrida na Austrália devido ao bom desempenho de Tsunoda. O próprio Ricciardo espera encontrar mais velocidade nas próximas corridas. "Eu só quero continuar correndo e tenho certeza de que vou encontrar um pouco mais em mim. Também continuo acreditando que encontraremos algo no carro."

Verstappen ABANDONA! Sainz DOMINA e vence na Austrália em DOBRADINHA da Ferrari | PÓDIO

Faça parte do Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube

Podcast: Verstappen fora da Red Bull? Drugo tem chances em 2025?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte do nosso canal no WhatsApp: clique aqui e se junte a nós no aplicativo!

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F1: Pérez declara que Sainz teria "absolutamente" vencido o GP da Austrália contra Verstappen
Próximo artigo F1 - Wolff sobre Mercedes: "Minha roda continua girando e eu não consigo pular fora"

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil