Verstappen defende que F1 deveria começar GPs mais cedo em casos como Spa

Piloto da Red Bull acredita que, assim, categoria teria janela maior para garantir a realização de uma prova

Verstappen defende que F1 deveria começar GPs mais cedo em casos como Spa

Max Verstappen acredita que a Fórmula 1 deveria começar as corridas mais cedo para reduzir o risco da chuva afetar a duração da prova após o que aconteceu no último final de semana em Spa-Francorchamps.

O holandês foi declarado o vencedor do GP da Bélgica após quase três horas de atraso por conta da chuva pesada, limitando a etapa a apenas duas voltas feitas atrás do safety car, sem nenhuma possibilidade de disputa.

Leia também:

Ao cumprir o mínimo de duas voltas exigido pelo regulamento para um GP, metade dos pontos foram atribuídos, com Verstappen conquistando 12,5 pontos. Como Lewis Hamilton fez 7,5 a distância no Mundial de Pilotos foi reduzida para apenas três.

Após a corrida, Verstappen disse que esse "não era o modo como gostaria de vencer", em meio a críticas da direção de prova por ter feito o mínimo para contar como corrida, mas sem promover disputa.

A FIA e a F1 confirmaram que revisarão o regulamento da categoria após os eventos do domingo. Uma das questões que ficam é se a corrida poderia ter sido adiantada para que tivesse acontecido.

Com a largada marcada para 15h, horário local, esse foi um dos pontos levantados por Verstappen após sua vitória, ponderando se uma saída mais cedo daria à F1 uma janela maior para a corrida.

"Quando você larga às três, e tem dias assim, talvez seja melhor começar um pouco mais cedo, meio-dia, uma hora. Acho que é um horário de largada melhor de qualquer jeito, pelo menos para mim. Agora fica se arrastando e o tempo vai piorando, escurece".

As corridas na Europa tradicionalmente começam às 15h aos domingos, tendo sido adiadas em uma hora há alguns anos.

Enquanto qualquer hora de largada esteja sujeita à janela de três horas da F1 para um evento, é possível que os comissários parem o relógio por motivos de força maior, como aconteceu no domingo, sendo interrompido a 60 minutos do fim.

Os fãs ficaram desapontados pela falta de corrida no domingo, após lutarem contra o tempo ruim e o frio por horas, com Hamilton cobrando a F1 para que fosse feito o reembolso dos ingressos.

Verstappen estava cético quanto à possibilidade de remarcar a corrida de Spa para outro momento do ano.

"Já fazemos muitas corrida, então precisamos escolher as pistas certas. Claro, as melhores. Voltar aqui nesse ano, não vejo acontecer, especialmente quando já se tem 22 corridas".

F1 em Spa: HIPOCRISIA dos PONTOS, MOTIVOS para a NÃO-corrida, PISTOLADA de pilotos, TAPETÃO e causos

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #128 - GP da Bélgica foi o maior fiasco da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Alonso determina condições para seguir no grid após 2022
Artigo anterior

F1: Alonso determina condições para seguir no grid após 2022

Próximo artigo

F1: Hamilton diz que apoiaria "corrida gratuita" na Bélgica para compensar fãs

F1: Hamilton diz que apoiaria "corrida gratuita" na Bélgica para compensar fãs
Carregar comentários