Últimas notícias

Verstappen pode sofrer punições de grid em Monza

Segundo Christian Horner, falha em motor em Spa deve trazer punições a piloto da Red Bull no GP da Itália

Max Verstappen, Red Bull Racing RB13

Sutton Motorsport Images

The car of Max Verstappen, Red Bull Racing RB13 is recovered after stopping on track
Max Verstappen, Red Bull Racing RB13, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB1
Max Verstappen, Red Bull Racing fan in lion costume
Max Verstappen, Red Bull Racing on a motorcycle after retiring
Max Verstappen, Red Bull Racing on a motorcycle after retiring
Max Verstappen, Red Bull Racing after retiring

Max Verstappen estava em quinto lugar, quando mudou a marcha de terceira para quarta, saindo da última curva e imediatamente perdeu potência na reta, enquanto seu motor Renault entrava em modo de segurança.

Após a corrida, chegou a informação de que ele trocou a sua quarta unidade a combustão do ano, antes do treino final, o que significa que qualquer mudança adicional provocará penalidades de grid. Ele também está no limite de MGU-Hs, tendo usado quatro, mas até agora usou três turbocompressores e apenas dois MGU-Ks.

"Eu posso entender sua frustração, mas a maioria desses problemas está fora do nosso controle", disse Christian Horner ao Motorsport.com.

"Ele agora deve enfrentar muitas penalidades em Monza, então é realmente frustrante. Nossos parceiros pediram desculpas e estão conscientes de que a qualidade do produto não é aquela que deveria ser."

Foi o sexto abandono de Verstappen, sendo quatro mecânicos, em 12 corridas nesta temporada, o deixando com 67 pontos, 65 a menos que seu companheiro de equipe, Daniel Ricciardo.

"Não sabemos o que acontece nos bastidores, mas a Renault sempre nos forneceu equipamentos iguais a ambos os pilotos. É uma má sorte que as falhas em um domingo parecem estar acontecendo de um só lado da garagem."

"Daniel teve muitas falhas, mas elas tendem a acontecer às sextas e sábados, em vez das tardes de domingo."

Embora a Renault tenha sofrido em todos os três anos e meio da era V6, Horner acredita que seja possível mudar as coisas.

"Você sempre vive com esperança", disse ele. "A Ferrari conseguiu agir melhor."

"Eles estavam em uma situação pior do que a Renault em 2014 e ao investir nas áreas certas, trazendo as pessoas certas, eles se colocaram em uma posição competitiva."

"Isso demonstra que é possível, com as pessoas certas, o desejo certo e o financiamento certo."

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior Ocon critica Pérez por manobra: “Tentou me matar duas vezes”
Próximo artigo Alonso só renova com a McLaren se Honda sair, diz revista

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil