Fórmula 1
06 mai
Próximo evento em
63 dias
20 mai
Próximo evento em
77 dias
R
GP do Azerbaijão
03 jun
Próximo evento em
91 dias
10 jun
Próximo evento em
98 dias
24 jun
Próximo evento em
112 dias
R
GP da Áustria
01 jul
Próximo evento em
119 dias
R
GP da Grã-Bretanha
15 jul
Próximo evento em
133 dias
29 jul
Próximo evento em
147 dias
R
GP da Bélgica
26 ago
Próximo evento em
175 dias
02 set
Próximo evento em
182 dias
09 set
Próximo evento em
189 dias
23 set
Próximo evento em
203 dias
R
GP de Singapura
30 set
Próximo evento em
210 dias
07 out
Próximo evento em
217 dias
21 out
Próximo evento em
231 dias
28 out
Próximo evento em
238 dias
R
GP da Arábia Saudita
03 dez
Próximo evento em
274 dias
R
GP de Abu Dhabi
12 dez
Próximo evento em
283 dias

VÍDEO: Entenda como Lawrence Stroll passou de 'papai de piloto pagante' a homem-forte na F1

Motorsport.com aborda a trajetória do empresário canadense, que se consolida como um dirigente importante no automobilismo

compartilhar
comentários
VÍDEO: Entenda como Lawrence Stroll passou de 'papai de piloto pagante' a homem-forte na F1

Dono da Racing Point, presidente-executivo da Aston Martin e empresário de sucesso: eis um resumo de Lawrence Stroll, dirigente canadense que já faz história na Fórmula 1. Entretanto, o 'papai Stroll' nem sempre foi tão respeitado no mundo do esporte a motor.

Antes visto apenas como bon vivant e pai bilionário de Lance Stroll, um piloto muito questionado na F1, Lawrence agora é encarado de outra forma e conquistou o respeito de seus pares. Inclusive do chefe de equipe da Mercedes, Toto Wolff, de quem é 'sócio' na Aston.

O editor recomenda:

Por isso, o Motorsport.com aborda a trajetória do patriarca e dá mais detalhes sobre sua vida e carreira, com destaque para a paixão pelo esporte a motor. Desde 2000, Lawrence é dono do circuito de Mont-Tremblant, que sediou dois GPs do Canadá de F1.

O empresário também é um grande colecionador de Ferraris clássicas, chegando a competir com alguns modelos. Além disso, o 'magnata', que tem fortuna estimada em 14 bilhões de reais, tem amizades de Hollywood, como o casal Michael Douglas e Catherine Zeta-Jones.

De todo modo, o grande mérito recente de Stroll foi ter fechado a contratação do tetracampeão mundial Sebastian Vettel. O piloto alemão sairá da Ferrari no fim de 2020 e competirá pela Aston Martin/Racing Point a partir de 2021.

Mas de onde vem o capital que permitiu que Lawrence deixasse de ser um mero 'papai de piloto pagante' para virar um homem-forte da F1? Do mundo da moda: Stroll consolidou marcas como Pierre Cardin no Canadá e levou a Ralph Lauren para a Europa. Além disso, foi responsável pela entrada da Michael Kors no mercado de ações e também trabalhou com a Tommy Hilfiger. É isso que o Motorsport.com explica no vídeo imperdível abaixo:

PODCAST: Após 'comemorar' GP 1000, qual é o tamanho da crise da Ferrari?

 

.

Ex-F1, Petrov detona Hamilton por camiseta antirracista: "Foi demais"

Artigo anterior

Ex-F1, Petrov detona Hamilton por camiseta antirracista: "Foi demais"

Próximo artigo

F1: Chefe da Renault vê espírito de 'Ford vs Ferrari' em novo CEO da marca

F1: Chefe da Renault vê espírito de 'Ford vs Ferrari' em novo CEO da marca
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Lawrence Stroll , Sebastian Vettel , Lance Stroll
Equipes Racing Point
Autor Carlos Costa