Fórmula 1
24 out
-
27 out
Evento encerrado
01 nov
-
03 nov
Evento encerrado
14 nov
-
17 nov
Evento encerrado
28 nov
-
01 dez
Evento encerrado

Williams: atraso com carro novo é "vergonhoso"

compartilhar
comentários
Williams: atraso com carro novo é "vergonhoso"
Por:
20 de fev de 2019 18:02

Claire Williams diz que é "constrangedor" ter sido a única equipe que perdeu o início dos testes com seu novo carro

Após os atrasos na produção de peças, a Williams só conseguiu colocar seu novo FW42 na pista nesta quarta-feira à tarde, com a equipe tendo perdido dois dias e meio dos testes de pré-temporada da F1.

A vice-diretora da equipe, Claire Williams, disse que a equipe só se deu conta do problema no último final de semana, embora tenha se recusado a explicar exatamente o que deu errado.

"Esta não é uma situação que planejamos", disse Williams. "Não é uma situação em que sempre quisemos nos encontrar.”

"Não estamos apenas desapontados, mas é constrangedor não trazer um carro para um circuito quando todos os outros conseguiram fazer isso.”

"Particularmente, para uma equipe como a nossa, que conseguiu entregar carros para os testes nos últimos 40 e poucos anos. Portanto, só podemos pedir desculpas."

Leia também:

Enquanto a equipe realizará uma análise para chegar ao fundo do que aconteceu, Williams disse que o foco, por enquanto, era apenas fazer seu carro funcionar e tentar minimizar a interrupção do seu programa de pré-temporada.

"Ficou aparente muito tarde, na verdade, que não faríamos o shakedown e, posteriormente, não faríamos o primeiro dia", acrescentou Williams.

"Nós pensamos que poderíamos ter tudo o que precisávamos para fazer a terça-feira. E então as peças simplesmente não estavam aparecendo como esperávamos, e no tempo que esperávamos que elas tivessem ou tivessem no plano.”

“Mas eu não vou entrar em detalhes sobre o porquê isso aconteceu. Eu não acho apropriado discutir os detalhes do que deu errado.

"Estamos claramente cientes de alguns dos problemas, mas é muito cedo para começar a discuti-los em detalhes e, provavelmente, algo que não faríamos de qualquer maneira. Precisamos resolver o que deu errado, para que isso não aconteça novamente na Williams."

As dificuldades que a Williams enfrentou levantaram questões sobre o futuro de seu diretor técnico, Paddy Lowe. Williams se recusou a comentar a situação.

"Eu tenho lido muita especulação na mídia recentemente sobre a posição de Paddy", disse ela. "Agora tudo em que estou focada, e todo o time deve estar focado no carro, e ter certeza de que o carro está no lugar certo."

Peças que ainda não chegaram

Mesmo com George Russel completando 23 voltas nesta quarta-feira, o FW42 ainda carece de mais peças para completar o programa aerodinâmico do time.

“Há pequenas peças que chegarão à noite, e depois estaremos aptos a começar realmente nos concentrar em nosso programa aerodinâmico amanhã.”

“Nós entramos hoje na pista para testar outras coisas.”

Williams admitiu que foi um “grande alívio” quando Russell entrou na pista com o novo carro.

“Estaria mentindo se dissesse que não fosse difícil para todos nós”, disse ela.

“Não foi algo intencional, ninguém quer fazer isso de propósito e não tenho palavras para expressar como isso foi difícil para todos do time.”

“Ver esse carro na pista me fez voltar à garagem com a sensação de alívio.”

Próximo artigo
Kvyat supera Raikkonen no fim e termina dia como líder; Fittipaldi é 8º

Artigo anterior

Kvyat supera Raikkonen no fim e termina dia como líder; Fittipaldi é 8º

Próximo artigo

Líder do dia nos testes em Barcelona na Fórmula 1, Kvyat diz que ser 1º não era prioridade

Líder do dia nos testes em Barcelona na Fórmula 1, Kvyat diz que ser 1º não era prioridade
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Williams
Autor Jonathan Noble