Williams diz que não vai esperar muito tempo por Button

Equipe avalia opções no mercado. Felipe Nasr, Lance Stroll e Sergio Perez também estão sendo observados

Williams diz que não vai esperar muito tempo por Button
Jenson Button, McLaren on the drivers parade
Sergio Perez, Sahara Force India F1 with Jenson Button, McLaren on the drivers parade
Sergio Perez, Sahara Force India F1 VJM09
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren MP4-31
Jenson Button, McLaren on the drivers parade

Foi apurado que a Williams manteve conversas preliminares com Jenson Button sobre um acordo para 2017, mas que ainda não chegaram a um estágio avançado.

Enquanto a equipe gostaria de tê-lo, a escuderia também possui uma série de outros candidatos a um assento no próximo ano.

O time também está interessado em Sergio Perez, caso o mexicano queira sair de seu contrato com a Force India. Felipe Nasr também poderia vir da Sauber.

O piloto de desenvolvimento Lance Stroll também surgiu como um candidato surpresa para um lugar, por conta de sua forte temporada na F3 este ano.

A disponibilidade de outros pilotos significa que Williams não está dependente de Button e Claire Williams deixou claro que ela vai fazer o que sente que seja melhor para seus próprios interesses.

"Tomaremos nossas próprias decisões sobre quem estará conosco ano que vem. Eu não estou aqui esperando Ron Dennis tomar sua decisão ou Jenson tomar sua decisão", disse Williams para a Association Press.

"Eu não vou esperar, porque isso não é a mentalidade certa para uma equipe como a nossa."

"Seria um grande acontecimento, mas ele tem que fazer a escolha certa para ele e nós temos que fazer a escolha certa para a equipe."

É entendido também que Button seria valioso para a Williams por atrair patrocinadores.

"Quando falo sobre os critérios que estamos observando, falamos de talento no cockpit, inteligência no feedback com os engenheiros, e para nós, como uma equipe independente, os fatores comerciais vão desempenhar um parte no processo de tomada de decisão também."

"Você não pode ter um piloto desconhecido em seu carro. Ele não vai funcionar."

Em relação a Sergio Perez, Claire disse: "Sergio tem feito um grande trabalho este ano, ele é um piloto inteligente e, é claro, que estamos o observando."

"Eu só o conheci brevemente em uma ocasião. Ele é muito eloquente, de modo que comercialmente ele seria forte para qualquer equipe."

"Claro que ele é alguém que você considera, caso esteja disponível."

compartilhar
comentários
McLaren e Mercedes travam disputa jurídica por engenheiro
Artigo anterior

McLaren e Mercedes travam disputa jurídica por engenheiro

Próximo artigo

Hamilton: “nem cheguei perto do limite do motor na Alemanha"

Hamilton: “nem cheguei perto do limite do motor na Alemanha"
Carregar comentários