Fórmula 1
29 ago
-
01 set
Evento encerrado
05 set
-
08 set
Evento encerrado
19 set
-
22 set
Evento encerrado
26 set
-
29 set
Evento encerrado
10 out
-
13 out
Evento encerrado
31 out
-
03 nov
Próximo evento em
14 dias
14 nov
-
17 nov
R
GP de Abu Dhabi
28 nov
-
01 dez
Próximo evento em
42 dias

Wolff: igualar marca da Ferrari “me faz sentir humilde”

compartilhar
comentários
Wolff: igualar marca da Ferrari “me faz sentir humilde”
Por:
28 de dez de 2018 09:55

Chefe da Mercedes expressa sua gratidão por conseguir alcançar os cinco títulos de pilotos e construtores da equipe italiana na década passada

O chefe da Mercedes, Toto Wolff, afirmou que “se sente humilde” por ter se juntado à Ferrari no grupo dos vencedores de cinco títulos consecutivos de pilotos e de construtores na F1.

O sucesso de Lewis Hamilton neste ano garantiu mais um domínio para a Mercedes na era turbo híbrida, o que torna a equipe alemã somente a segunda a vencer cinco títulos duplos em sequência.

Wolff diz que o feito é algo pelo qual ele se sente imensamente orgulhoso, já que trouxe à tona um telefonema que recebeu do presidente da FIA, Jean Todt, que era o líder da Ferrari no período de sucesso entre 2000 e 2004.

“Ele me ligou e disse ‘parabéns por ter se juntado ao clube dos cinco. Me sinto honrado por estar neste clube contigo’, e eu pensei ‘eu que deveria me sentir honrado’”, disse Wolff ao Motorsport.com.

“Então, foi algo inacreditável, o que ele disse. Mas aí ele me ligou de volta e disse: ‘na verdade, me disseram que vencemos seis em sequência!’”

Além dos cinco títulos de Schumacher e da Ferrari entre 2000 e 2004, a equipe italiana também levou a taça de construtores de 1999, ano em que Mika Hakkinen, da McLaren, foi campeão de pilotos.

Wolff disse que igualar a marca da Ferrari foi inacreditável.

“Ficamos muito aliviados com o quinto título duplo neste ano, porque isso nos coloca em pé de igualdade com a Ferrari, na grande era de Todt/Schumacher”, disse. “E isso é algo de que me lembro quando ‘criança’ – inacreditável! Então, ter igualado isso me faz sentir humilde e grato.”

Relação com a Ferrari

O sucesso da Mercedes em 2018 se deu após uma batalha que provocou tensões com a Ferrari em determinados momentos.

Além da controvérsia quanto ao sistema duplo de baterias da Ferrari, o fim da campanha contou com algumas corridas em que a Mercedes optou por não utilizar uma nova roda com temor de que os rivais pudessem protestar.

Ao analisar a relação, Wolff acredita que não há nada que tenha fugido do normal.

“Acho que é muito difícil manter uma relação muito amigável, de cavalheiros, durante a temporada, quando cada grupo está obcecado por vencer.”

“Podemos ver que as coisas estão voltando à normalidade agora, porque é nossa plataforma em conjunto e precisamos fazê-la funcionar.”

“Precisamos ter uma relação para discutir coisas, e é por isso que acho que é completamente normal que haja momentos em que é mais difícil e outros em que é mais fácil.”

“Estes momentos em que conversamos de forma produtiva são muito importantes para a F1 e para nós enquanto equipe.”

Próximo artigo
Vandoorne espera trazer “novas ideias” à Mercedes

Artigo anterior

Vandoorne espera trazer “novas ideias” à Mercedes

Próximo artigo

McLaren não vê patrocínio título como essencial para sobrevivência

McLaren não vê patrocínio título como essencial para sobrevivência
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Mercedes Compre Agora
Autor Jonathan Noble