Wolff: Não me surpreenderia com volta de Rosberg na Ferrari

Chefe da Mercedes diz que alemão ainda tem paixão pelo esporte e se sentiria seduzido a um retorno

Wolff: Não me surpreenderia com volta de Rosberg na Ferrari
Toto Wolff, Mercedes AMG F1 Director of Motorsport in the Press Conference
Toto Wolff, Executive Director Mercedes AMG F1
Nico Rosberg, Mercedes-Benz Ambassador
Race winner Sebastian Vettel, Ferrari, is interviewed by reigning World Champion Nico Rosberg
Nico Rosberg

Nico Rosberg chocou o mundo da Fórmula 1 em dezembro do ano passado, quando, poucos dias depois de conquistar seu título mundial, anunciou sua aposentadoria do esporte.

Ele disse que o estresse de lutar por um campeonato com Lewis Hamilton, aliado ao fato de ter uma família jovem, o fez não querer se comprometer por mais uma temporada.

Isso forçou a Mercedes a ir atrás de um substituto durante o inverno e, no final, o time contratou Valtteri Bottas, que correria pela Williams.

Enquanto Rosberg insiste que está feliz por estar longe da F1 e não tem interesse em retornar à competição, o chefe da Mercedes, Toto Wolff, diz que não está tão convencido de que o alemão ficará contente sem competir por tanto tempo.

E, em uma conversa relaxada com a mídia no paddock em Montreal, ele deixou escapar que tem uma suspeita de que Rosberg possa retornar em 2018 em uma equipe como a Ferrari, que pode estar procurando outro piloto.

"Eu acho que quando ele tomou a decisão de se aposentar foi porque ele não aguentava mais", disse Wolff. "Foi um ano muito estressante contra provavelmente o melhor piloto da F1, e ele se sentiu naquele momento esgotado. Foi assim que pareceu para mim.”

"Mas ele tem 31 anos. Se ele tiver azar, tem mais 70 anos para curtir sua vida. Eu falo: não ficaria surpreso se ele mudasse de ideia em um ano e reaparecesse em uma Ferrari. Ou, em outro lugar."

Após Fernando Alonso ter competido na Indy 500, Wolff duvida que tal evento atraia Rosberg.

"Não, acho que fazer a Indy 500 é muito desafiador para um piloto", disse ele.

"Adorei isso, por conta de Fernando até que ele abandonou. Mas não acho que Nico, calculando o risco e a recompensa, correria em um oval da IndyCar."

compartilhar
comentários
Nono de Stroll fez diretor da Williams quase ir ao pódio

Artigo anterior

Nono de Stroll fez diretor da Williams quase ir ao pódio

Próximo artigo

Fim de semana foi o mais completo do ano; confira resumo

Fim de semana foi o mais completo do ano; confira resumo
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Nico Rosberg
Autor Jonathan Noble