Wolff quer manter de Vries na "família Mercedes" mesmo com vaga na F1

Holandês competiu na Fórmula E de 2020-21 com as cores da fabricante alemã e atualmente negocia com Alfa Romeo e Williams na categoria máxima

Wolff quer manter de Vries na "família Mercedes" mesmo com vaga na F1

Toto Wolff quer garantir que o campeão da Fórmula E, Nyck de Vries, continue a fazer parte da família Mercedes se conseguir um assento na Fórmula 1 em 2022. O holandês juntou-se à escuderia após a conquista da Fórmula 2 em 2019 ao ingressar na equipe na categoria de carros elétricos antes de se tornar o primeiro campeão mundial da série este ano.

Isso levou a um interesse crescente no piloto de 26 anos, com rumores que o colocam na Alfa Romeo ou Williams, ambas com duas vagas. Ele é atualmente um dos reservas da montadora alemã na F1 ao lado de seu companheiro de equipe na F-E, Stoffel Vandoorne. O substituto da Red Bull, Alexander Albon, também atrai o interesse das duas para o próximo ano, o que torna o futuro dele e de de Vries interligados.

Leia também:

Falando na sexta-feira em Zandvoort, o chefe da Mercedes, Wolff, disse que o holandês é um "membro extremamente importante" do time de Fórmula E da marca, tendo ajudado a ganhar a dobradinha do título em 2020-21, de pilotos e equipes, antes de sua saída da categoria no próximo ano. Ele deixou claro que, embora não fosse impedir de Vries de garantir uma vaga de F1, gostaria que continuasse fazendo parte da "família".

"Admirei sua decisão no dia seguinte à conquista do título da F2 ao dizer: 'Quero fazer parte de um trabalho, por isso vou me juntar à Mercedes na Fórmula E em vez de correr atrás do sonho na Fórmula 1'. Agora chegou a hora de as pessoas reconhecerem seu talento e habilidade e, portanto, há conversas", disse Wolff.

"Para nós, o mais importante é que ele continue com nós. Não quero realmente perdê-lo nessa fase para outro time na F-E, mas não o impediria de tentar a F1", acrescentou.

Nyck de Vries, FE Champion

Nyck de Vries, FE Champion

Photo by: Mark Sutton / Motorsport Images

Para Wolff, a colocação de De Vries "gira em torno de Alex Albon" e disse que o jovem ligado à Red Bull é "o principal protagonista na dança das cadeiras".

"Nyck tem um lugar garantido na Fórmula E conosco", comentou. "Como eu disse antes, desejo que ele esteja na Fórmula 1, mas não quero perdê-lo para o nosso projeto nos elétricos."

Um dos assentos da Williams está atualmente ocupado pelo júnior da Mercedes, George Russell, que deve ser escalado para a equipe sênior na próxima temporada.

A equipe britânica atualmente tem um acordo de longo prazo para competir com unidades de força da fabricante alemã e intensificou sua aliança técnica desde que um novo proprietário a assumiu no ano passado.

F1 2021: TREINOS na Holanda, Hamilton com PROBLEMAS e a volta de ALBON | SEXTA-LIVRE

Assine o canal do Motorsport.com no Youtube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like (joinha) nos vídeos e ative as notificações, para sempre ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

PODCAST: GP da Bélgica foi o maior fiasco da história da F1?

 

SIGA NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
Vettel diz que F1 precisa de mais curvas inclinadas como as de Zandvoort
Artigo anterior

Vettel diz que F1 precisa de mais curvas inclinadas como as de Zandvoort

Próximo artigo

F1: Raikkonen testa positivo para Covid-19 e será substituído por Kubica no GP da Holanda

F1: Raikkonen testa positivo para Covid-19 e será substituído por Kubica no GP da Holanda
Carregar comentários