Zhou comenta chances de Drugovich chegar à F1: "Nunca se sabe"

"Espero que dê certo para ele, mas sei que ainda há muitos pilotos querendo um lugar. Então nunca se sabe. Você tem que tomar a decisão certa na hora certa"

Zhou comenta chances de Drugovich chegar à F1: "Nunca se sabe"
Carregar reprodutor de áudio

Piloto da Alfa Romeo na Fórmula 1, o chinês Zhou Guanyu falou com exclusividade ao Motorsport.com sobre as chances de o brasileiro Felipe Drugovich, seu ex-companheiro na Fórmula 2, chegar à categoria máxima do automobilismo mundial.

O editor recomenda:

Zhou e Drugovich dividiram os boxes da equipe UNI-Virtuosi no campeonato 2021 da F2, no qual o chinês terminou a temporada em terceiro, cacifando-se para ascender à F1, e o brasileiro ficou em oitavo.

Em 2022, Zhou faz seu ano de estreia na elite global do esporte a motor, enquanto Drugovich brilha na F2 em seu retorno à equipe MP Motorsport, pela qual debutou na categoria de acesso em 2020, época em que entrou nos holofotes da F1, recebendo elogios até do britânico George Russell.

Na atual temporada da F2, Drugovich tem mostrado consistência e lidera a tabela de classificação com relativa folga, voltando a ganhar força entre os nomes especulados na F1 para o futuro da categoria.

Por isso, o Motorsport.com questionou Zhou sobre as chances de 'Drugo' chegar ao topo do automobilismo. Para o chinês, o 2022 do brasileiro é positivo. "Tem sido muito bom. Ele foi um bom companheiro de equipe ano passado. Estávamos nos dando muito bem, inclusive na pista… É bom vê-lo indo bem este ano, liderando o campeonato. Pelas minhas expectativas, ele deve terminar  pelo menos entre os três primeiros este ano, olhando como foi o início da temporada", afirmou.

Zhou Guanyu, Alfa Romeo

Zhou Guanyu, Alfa Romeo

Photo by: Carl Bingham / Motorsport Images

"Eu ficaria muito feliz por ele se ele pudesse mostrar mais alguns bons resultados, até porque, no ano passado, ele estava sofrendo um pouco mais. É bom vê-lo lá em cima", seguiu o piloto da Alfa Romeo, que também falou mais detalhadamente da chance de Drugovich chegar na F1.

"Espero que sim, mas não cabe a mim decidir. Entrar aqui é quase como... Bem, era impossível para mim um ano atrás. Realmente me esforcei muito, tentando mostrar tudo que eu tinha na pista e impressionar as pessoas. Então, sim, espero que dê certo para ele, mas sei que ainda há muitos pilotos querendo um lugar. Então, nunca se sabe. Você tem que tomar a decisão certa na hora certa", completou Zhou.

Assine o canal do Motorsport.com no YouTube

Os melhores vídeos sobre esporte a motor estão no canal do Motorsport.com. Inscreva-se já, dê o like ('joinha') nos vídeos e ative as notificações para ficar por dentro de tudo o que rola em duas ou quatro rodas.

Podcast #180 – ‘Autossabotagem’ da Ferrari pode fazê-la perder título da F1 em 2022?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

compartilhar
comentários
F1: Wolff defende que usaria aumento do teto orçamentário para ajustar salários dos funcionários
Artigo anterior

F1: Wolff defende que usaria aumento do teto orçamentário para ajustar salários dos funcionários

Próximo artigo

F1: Vettel critica pneus de chuva da Pirelli e relembra era Bridgestone

F1: Vettel critica pneus de chuva da Pirelli e relembra era Bridgestone