Entrevista

Inspiração total em Alonso e conselhos de Drugovich: Bortoleto analisa a impressionante temporada na F3

Duas vitórias nas quatro primeiras rodadas de 2023 colocaram o estreante da Trident, Gabriel Bortoleto, no topo da classificação da Fórmula 3, a caminho da metade da temporada

Gabriel Bortoleto, Trident celebrates in Parc Ferme

Lionel Ng / Motorsport Images

Gabriel Bortoleto ainda não tinha completado um ano de idade quando seu mentor, Fernando Alonso, venceu seu primeiro campeonato mundial com a Renault em 2005. Mas o adolescente brasileiro aprendeu muito com o espanhol, tendo sido colocado sob sua proteção como parte da A14 Management em setembro passado.

Leia também:

Mudando-se para a Europa aos 11 anos de idade para competir no kart, Bortoleto estreou no automobilismo em 2020, terminando em quinto lugar na F4 italiana com a forte Prema e conquistando sua primeira vitória em Mugello. Ele impressionou o suficiente para se graduar no Campeonato Europeu Regional de Fórmula com a equipe homônima de Alonso antes de se mudar para a R-ace GP em 2022, terminando em sexto lugar com duas vitórias.

Bortoleto agora está pilotando para a Trident na Fórmula 3 e rapidamente causou impacto. Ele lidera a classificação depois de vencer as duas primeiras corridas da temporada no Bahrein e em Melbourne, apesar de nunca ter pilotado em nenhum dos circuitos antes. A infração do procedimento de largada de Gabriele Mini, que resultou em uma penalidade de tempo, levou Bortoleto ao primeiro lugar no Bahrein, mas ele não precisou de ajuda na Austrália, pois se defendeu da pressão de Gregoire Saucy durante toda a corrida para converter a pole position.

O jovem de 18 anos admite que ficou "um pouco surpreso" com os bons resultados imediatos, mas diz que o trabalho duro é a chave para seu sucesso.

"Eu diria que o trabalho árduo é a principal coisa, não há segredo", disse ele ao Motorsport.com. "Essa é apenas a principal coisa em que consigo pensar. Estamos trabalhando desde setembro do ano passado, assim que a temporada da F3 terminou. Já tínhamos um acordo com a Trident e fizemos um teste em Jerez que correu muito bem, fomos P1 também."

"A partir desse momento, acho que minha pior posição em treinos ou testes foi nos treinos livres em Mônaco, para ser justo. Acho que tudo isso é trabalho duro e muita preparação."

"Eu sabia que tínhamos potencial porque confio em mim mesmo e sei o quanto me esforço. A Trident também mostrou seu potencial no ano passado, vencendo as três últimas etapas do campeonato e ficando em segundo lugar na classificação dos pilotos."

Bortoleto scored feature race wins at the opening two weekends of the F3 season, putting him in a commanding position in the championship

Bortoleto venceu as corridas nos dois primeiros finais de semana da temporada da F3, colocando-o em uma posição de liderança no campeonato

Foto de: Formula Motorsport Ltd

"Então, sim, eu diria que esperava bons resultados. Não diria que esperava duas vitórias seguidas, mas com certeza alguns ótimos resultados."

Embora Bortoleto já tivesse assinado seu contrato com a Trident antes de Zane Maloney vencer três corridas consecutivas no final do ano passado, o que o levou a terminar em segundo lugar na classificação, ele diz que isso ainda lhe deu um "impulso de confiança" antes de se juntar à equipe italiana.

Ele se adaptou bem, pilotando este ano ao lado do piloto italiano Leonardo Fornaroli e do campeão do Euroformula Open de 2022, Oliver Goethe, com a Trident atualmente em segundo lugar na classificação das equipes, atrás da Prema. Bortoleto diz que se sente "pronto para acelerar, em todas as rodadas que participamos, em todos os testes, estamos sempre competitivos, então sinto que já estou muito confiante com o carro".

"Estou na cama e não tenho certeza se devo ir para a academia hoje, e então você se lembra que esse cara não precisa provar nada para ninguém, e ele continua indo todos os dias para fazer isso" Gabriel Bortoleto

"A maneira como trabalhamos é algo inacreditável para mim, porque nunca vi uma atmosfera dentro da equipe como essa - entre os companheiros de equipe, entre os engenheiros, todos", acrescenta. "Mesmo em momentos difíceis, somos fortes e continuamos nos esforçando para resolver todos os problemas. Eu diria que as coisas estão indo muito, muito bem."

Bortoleto credita parte de seu sucesso a seu bom amigo e compatriota Felipe Drugovich, campeão da F2 em 2022 e agora piloto de desenvolvimento da Aston Martin. Ele diz que Drugovich deu alguns conselhos úteis em sua temporada de estreia, inclusive durante um fim de semana difícil em Mônaco com condições mistas.

Chamando Drugovich de "um dos meus melhores amigos", Bortoleto diz que acha que é "algo ótimo ter amigos que são bons e que têm a experiência para lhe ensinar algo, e ele é um dos meus amigos que mais me ensinou neste esporte".

"Como minha maior inspiração hoje, eu diria Fernando, porque trabalho muito próximo a ele atualmente", continua Bortoleto. "Fazemos muitas coisas juntos no simulador, ou mesmo no fim de semana de corrida, estamos sempre tendo contato e conversando um com o outro."

Bortoleto highlights Drugovich as a helpful source of advice, and has also benefitted from collaboration with Alonso

Bortoleto destaca Drugovich como uma fonte útil de conselhos, e também se beneficiou da colaboração com Alonso

Foto de: Mark Sutton / Motorsport Images

É claro que, devido à sua nacionalidade, Bortoleto cita Ayrton Senna como uma inspiração, mas o maior impacto veio do próprio Alonso.

"Antes de não trabalhar com ele, eu sabia que ele era uma lenda da Fórmula 1 porque sempre foi muito bom. Mas eu não sabia o quanto ele se esforçava para isso", diz ele. "No final das contas, ele já tem 41 anos. Não é fácil manter-se nesse esporte por tanto tempo e com essa forma física, e também com esse desempenho que ele está mantendo."

"Esses carros de F1 são incrivelmente rápidos, então você também precisa ter reflexos e, para ter tudo isso, precisa continuar praticando. Acho que Fernando é um dos pilotos mais dedicados que já vi em minha vida, e é isso que também me mantém motivado e me esforçando todos os dias quando acordo."

"Estou na cama e não sei se devo ir à academia hoje, mas aí você se lembra de que esse cara não precisa provar nada a ninguém, e ele continua indo todos os dias para fazer isso. Então você diz: "Eu preciso um dia me tornar um por cento do que esse cara é, então preciso me esforçar, preciso dar o meu melhor".

Faltando cinco etapas para o final do campeonato, Bortoleto lidera com 24 pontos de vantagem sobre Pepe Marti (Campos) e diz que seu sucesso este ano "me fez sentir vivo novamente, porque acho que este foi o meu melhor resultado em algum tempo, mesmo tendo vencido corridas na temporada passada e na anterior".

Ele continua: "Vencer em sua estreia na F3 e também na segunda corrida consecutiva, acho que isso mostra a si mesmo que tudo o que você está fazendo está valendo a pena, e tudo o que você passou ao longo dos anos, mesmo que não tenha sido fácil não ser o primeiro no campeonato e assim por diante. Está valendo a pena agora, todo esse esforço."

Bortoleto já está olhando para o futuro e espera que o sucesso nesta temporada traga uma promoção para a F2 em 2024. Além disso, ele acredita que será o próximo piloto brasileiro de F1?  "Espero que sim. Esse é o meu plano."

Bortoleto takes inspiration from Alonso's dedication and hopes it will help propel him to the top of the motorsport pyramid

Bortoleto se inspira na dedicação de Alonso e espera que isso o ajude a chegar ao topo da pirâmide do automobilismo

Foto de: Formula Motorsport Ltd

Rico Penteado abre o jogo sobre Michael Schumacher

Quer fazer parte de um seleto grupo de amantes de corridas, associado ao maior grupo de comunicação de esporte a motor do mundo? CLIQUE AQUI e confira o Clube de Membros do Motorsport.com no YouTube. Nele, você terá acesso a materiais inéditos e exclusivos, lives especiais, além de preferência de leitura de comentários durante nossos programas. Não perca, assine já!

Podcast Motorsport.com debate se já há como comparar Verstappen e Senna na F1?

 

ACOMPANHE NOSSO PODCAST GRATUITAMENTE:

Faça parte da comunidade Motorsport

Join the conversation
Artigo anterior F3: Confira horários e como assistir etapa da Áustria, no Red Bull Ring
Próximo artigo De volta a Áustria, Collet busca repetir pódio de 2022 na F3

Principais comentários

Ainda não há comentários. Seja o primeiro a comentar.

Cadastre-se gratuitamente

  • Tenha acesso rápido aos seus artigos favoritos

  • Gerencie alertas sobre as últimas notícias e pilotos favoritos

  • Faça sua voz ser ouvida com comentários em nossos artigos.

Motorsport prime

Descubra conteúdo premium
Assinar

Edição

Brasil