Fórmula 1 Fórmula E IndyCar
R
Long Beach
16 abr
Canceled
R
Birmingham
16 abr
Próximo evento em
45 dias
NASCAR Cup MotoGP
25 mar
Próximo evento em
23 dias
R
GP da Argentina
08 abr
Postponed

Drugovich confirma ida à equipe UNI-Virtuosi para temporada 2021 da F2

Rumores vindos no Bahrein nos últimos dias já apontavam que o brasileiro estava negociando com a equipe

compartilhar
comentários
Drugovich confirma ida à equipe UNI-Virtuosi para temporada 2021 da F2

O brasileiro Felipe Drugovich terá uma nova casa na Fórmula 2 para a temporada 2021. O piloto anunciou nesta segunda (07) um acordo com a equipe UNI-Virtuosi para disputar o próximo campeonato, colocando-se em uma equipe de ponta na categoria.

Drugovich estreou na F2 neste ano e foi um dos destaques da temporada. A bordo da equipe MP Motorsport, conquistou três vitórias e um terceiro lugar ao longo do ano, terminando em nono na tabela de classificação com 121 pontos. Em comparação, seu companheiro em nove das 12 etapas do ano, o japonês Nobuharu Matsushita, fez apenas 42.

Leia também:

O brasileiro venceu a primeira logo no final de semana de estreia, na corrida de domingo da primeira rodada na Áustria, voltando a triunfar na segunda corrida de Barcelona e na primeira do traçado tradicional do Bahrein, sendo que, nas duas últimas, Drugovich abriu ampla vantagem sobre os rivais.

O trabalho de Drugovich na temporada chamou muito a atenção dentro e fora da F2. O vice-campeão da temporada, Callum Ilott, disse que ele é alguém "para ficar de olho".

"Para ser justo, ele é muito rápido. Esse cara é alguém para ficar de olho, definitivamente. Isso vale também para algumas dessas equipes de F1 que às vezes ouvem [coletivas de imprensa da F2]",

E sua performance também reverberou dentro do grid da Fórmula 1, sendo elogiado por George Russell, piloto da Williams que foi campeão da GP3 em 2017 e da F2 em 2018: "Fiquei muito impressionado com Drugovich hoje", disse o britânico após o triunfo do brasileiro em Barcelona. "Não conheço ele muito bem, nem sobre sua trajetória. Sei que ele tem sido bem consistente, mas achei que sua corrida hoje foi muito impressionante".

Agora, Drugovich vai para uma equipe relativamente recente no grid, com a UNI-Virtuosi disputando a primeira temporada na F2 em 2019, mas com grandes resultados em um curto período de tempo.

Ao longo dos dois anos, Guanuy Zhou, Callum Illot e Luca Ghiotto conquistaram oito vitórias e inúmeros pódios, levando a equipe a terminar em segundo no campeonato de equipes em ambas as temporadas, enquanto Ghiotto foi o terceiro entre os pilotos em 2019 e Ilott o vice-campeão em 2020, perdendo para Mick Schumacher.

Nas redes sociais, Drugovich celebrou o anúncio: "Extremamente feliz em anunciar que vou correr ano que vem pela UNI-Virtuosi na F2! Gostaria de agradecer à equipe por me dar esta oportunidade, que com certeza nos dará muito sucesso! Começamos já esta semana com 3 dias de testes aqui no Bahrain!"

O brasileiro elogiou o trabalho feito pela equipe ao longo de 2020.

"Se você olhar para o todo, eles tiveram o melhor ritmo. Ao longo da temporada tiveram um bom ritmo na classificação e eram rápidos em todas as pistas. E é por isso que quis assinar com eles".

Drugovich ainda fez uma análise de seu ano de estreia e o que esperar para 2021.

"Estou muito confiante. Assinei com uma equipe de ponta e, do meu lado, aprendi muito neste ano. Não sabia o que esperar quando cheguei na F2 mas, com esses resultados, acho que posso ir para o próximo ano confiante, sabendo que posso fazer um bom trabalho".

"Eu preciso melhorar meus pontos fracos deste ano e focar em não cometer os mesmos erros no próximo ano. Mas, ao mesmo tempo, a equipe tem muita experiência para me ensinar novas coisas que eu não tenha feito neste ano".

Drugovich é um dos primeiros nomes anunciado para a temporada 2021 da F2. Além do brasileiro, a Prema, outra equipe de ponta, já confirmou que terá Robert Shwartzman, campeão de 2019 da F3 e que fez um ano de estreia impressionante, ao lado do atual campeão da F3, Oscar Pistri. Já a Campos Racing terá o suíço Ralph Boschung, que já estreou no último fim de semana, substituindo Jack Aitken, que correu com a Williams no GP de Sakhir.

Após a dramática corrida final da temporada da Fórmula 2, que terminou com o título de Mick Schumacher e Drugovich em oitavo, a categoria entra agora em recesso até o início da temporada 2021, que começa no próprio circuito do Bahrein, em 27 de março. A partir do próximo ano, a F2 e a F3 terão um formato diferente, com três corridas por final de semana em vez de apenas duas.

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

PÓDIO: A improvável vitória de Pérez no insano GP de Sakhir

PODCAST: O 'milagre' Grosjean e o que Pietro Fittipaldi pode fazer em estreia na F1

 

F2: Em corrida dramática no Bahrein, Schumacher é campeão após terminar em 18º; Drugovich é 8º

Artigo anterior

F2: Em corrida dramática no Bahrein, Schumacher é campeão após terminar em 18º; Drugovich é 8º

Próximo artigo

Pedro Piquet anuncia saída da F2 e faz desabafo contra “soberania financeira” para chegar à F1

Pedro Piquet anuncia saída da F2 e faz desabafo contra “soberania financeira” para chegar à F1
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria FIA F2
Autor Redação Motorsport.com