Audi confirma René Rast, bicampeão do DTM, como substituto de Abt na Fórmula E

compartilhar
comentários
Audi confirma René Rast, bicampeão do DTM, como substituto de Abt na Fórmula E
Por:
19 de jun de 2020 12:15

O bicampeão do DTM René Rast irá correr pela Audi na maratona de seis provas em nove dias em Berlim

No mês passado, a Audi anunciou a demissão de Daniel Abt após a polêmica no torneio virtual da Fórmula E e a montadora buscava ativamente um substituto para o alemão, para poder alinhar dois carros na retomada da temporada. E a Audi encontrou a solução para seus problemas dentro de casa: René Rast, bicampeão do DTM com a própria montadora.

Essa semana, a F-E divulgou seus planos para a retomada da temporada 2019/20, com uma maratona de seis provas em nove dias, todas no espaço do aeroporto Berlim Tempelhof, na capital alemã, com o traçado da pista sendo modificado a cada duas etapas.

Leia também:

Rast entra no lugar de Abt, que estava com a equipe desde o início da F-E e que venceu duas provas na categoria: os ePs do México e de Berlim de 2018. O piloto foi demitido da Audi após confirmar que havia colocado um profissional de eSport para correr em seu lugar em uma das etapas do torneio virtual da categoria.

Por enquanto, Rast está confirmado apenas para as provas de agosto. A Audi não falou nada sobre o contrato para a próxima temporada.

"Eu sempre segui a Fórmula E de perto e agora mal posso esperar por esse novo desafio", disse Rast. "As demandas sobre os pilotos da Fórmula E são altas: além da velocidade pura, há também a questão da eficiência, gerenciamento da bateria e a estratégia perfeita - e tudo isso em circuitos de rua apertados, onde as coisas são mais turbulentas".

"Mas, com o teste no início de julho e minha experiência no simulador, eu vou tentar ser o mais preparado possível para quando chegar em Berlim. E com seis corridas em nove dias, terei a oportunidade de aprender rapidamente".

Rest já havia demonstrado interesse pela vaga, mas não podia confirmar os planos antes da F-E divulgar o calendário revisado, para garantir que não haveria choque com o DTM. Ele vai andar com o carro atual da Audi, o e-tron FE06 ao lado de seu novo companheiro de equipe, Lucas di Grassi, em Lausitzring em julho.

O alemão já tem uma breve passagem pela F-E, tendo participado do eP de Berlim de 2016, com a equipe Aguri. Ele se classificou em 13º para a prova, mas abandonou a corrida após uma colisão com Bruno Senna. Essa foi sua primeira passagem por monopostos desde a Fórmula BMW Alemã em 2004.

Dieter Gass, chefe da Audi Motorsport, disse: "Como bicampeão do DTM e piloto de longa data da Audi, René naturalmente estava na minha lista desde o início. Ele frequentemente prova o quão rápido ele é em uma nova categoria, mesmo sem ter a experiência prévia".

"É muito bom saber que não haverá choques entre o DTM e a Fórmula E para que René possa correr em ambos os campeonatos conosco. Com seis corridas em Berlim, nossa equipe ainda tem muito para fazer no campeonato".

Apesar de Rast ainda não ter sido confirmado para a próxima temporada, ele estará disponível, já que a Audi confirmou a saída do DTM no final desse ano.

Outra equipe que está em busca de um novo piloto é a Mahindra, que precisa de um substituto para Pascal Wehrlein, que anunciou recentemente sua saída da equipe. O ex-F1 deve assinar com a Porsche para a próxima temporada, substituindo Neel Jani.

VÍDEO: Leclerc pistola? Veja porque o game F1 2020 incomodou o piloto da Ferrari

PODCAST: O que a F1 deveria aprender com as demais categorias para melhorar?

 

Di Grassi avalia cenário da F-E, que decidirá campeão em 9 dias

Artigo anterior

Di Grassi avalia cenário da F-E, que decidirá campeão em 9 dias

Próximo artigo

Fórmula E: sétima temporada começa em janeiro no Chile e terá 14 etapas; confira calendário

Fórmula E: sétima temporada começa em janeiro no Chile e terá 14 etapas; confira calendário
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Pilotos René Rast , Daniel Abt
Equipes Audi Sport ABT Schaeffler
Autor Matt Kew