Fórmula E anuncia retomada da temporada com maratona de seis provas em nove dias em Berlim

compartilhar
comentários
Fórmula E anuncia retomada da temporada com maratona de seis provas em nove dias em Berlim
Por:

A categoria irá usar três traçados diferentes na pista do aeroporto Berlim Tempelhof para finalizar a temporada 2019/20

Quando a pandemia da Covid-19 começou a se espalhar pelo mundo, a Fórmula E foi uma das primeiras categorias a reagir, adiando inicialmente a etapa que faria em março no país asiático, antes de paralisar todo o campeonato 2019/20. Mas, nesta quarta, a F-E anunciou a data das retomadas das atividades, que completarão cinco meses de interrupção.

Até a paralisação, a F-E havia realizado apenas cinco etapas em quatro países, uma rodada dupla na Arábia Saudita, além de provas no México, Chile e Marrocos, mas, segundo seu regulamento, era necessária uma etapa a mais para que uma temporada fosse considerada um campeonato.

Leia também:

Mas a categoria vai além disso: em um período de nove dias, entre 5 e 13 de agosto, a F-E irá realizar seis provas na cidade de Berlim, usando o espaço do aeroporto Berlim Tempelhof. Serão três rodadas duplas, com um traçado diferente no espaço a cada duas provas. As datas dos ePs são 5, 6, 8, 9, 12 e 13 de agosto.

Para cumprir as normas de segurança do governo alemão que estão em vigor até setembro, as provas serão realizadas com portões fechados, tendo a presença apenas de um número essencial de funcionários, para garantir um limite de até 1000 pessoas.

O CEO da F-E, Jamie Reigle disse: "Desde que tomamos a decisão de suspender nossa temporada em março, nós tentamos criar um calendário que coloca a saúde e segurança de nossa segurança em primeiro lugar, representando a marca distinta da Fórmula E de correr nos centros de grandes cidades, oferecendo aos fãs uma grande conclusão da ótima temporada que tivemos até agora".

"Nosso destino será o Berlim Tempelhof, um espaço que nossas equipes, pilotos e fãs amam, para realizar um festival de corridas de nove dias de duração, com três rodadas duplas em sequência. O festival terá três configurações de pista, apresentando um novo desafio e criando condições para um final de temporada sem precedentes e cheio de drama".

"A equipe da Fórmula E está dando o seu melhor ao longo das últimas semanas para garantir que possamos correr novamente em Berlim. Eu gostaria de agradecer a FIA, nossas montadoras, equipes e parceiras pelo apoio contínuo, a cidade de Berlim pela cooperação de flexibilização e nossos fãs pela paciência".

O co-fundador da F-E e presidente da categoria, Alejandro Agag, disse ao Motorsport.com que a organização estava planejando realizar outras "cinco ou seis corridas" nessa temporada. No mês passado ele também afirmou que, caso a temporada não pudesse ser retomada até outubro, ela seria descartada para focar em 2020/21.

O anúncio do calendário revisado também confirma um adiamento da edição inaugural do eP de Seul.

No momento, António Félix da Costa, da DS Techeetah, é o líder do campeonato com uma vantagem de 11 pontos sobre o piloto da Jaguar Mitch Evans.

Duas equipes, Audi e Mahindra, deverão anunciar seus novos pilotos antes da primeira etapa da maratona. A montadora alemã demitiu Daniel Abt após a polêmica durante o torneio virtual da F-E enquanto a equipe indiana precisa encontrar o substituto de Pascal Wehrlein, que anunciou há algumas semanas sua saída da equipe nas redes sociais.

Jaguar divulga atualização do calendário

O Jaguar i-Pace eTrophy também anunciou a retomada de suas atividades. A categoria de apoio da F-E fará sete provas para completar dez etapas na temporada final da categoria.

Recentemente, a montadora anunciou que o campeonato de carros SUV elétricos chegará ao fim após a conclusão da temporada 2019/20, sendo a primeira categoria a anunciar seu fim devido aos impactos da pandemia. 

As sete provas serão realizadas nos mesmos seis dias da F-E, com destaque para o dia 09 de agosto, chamado de "Super Domingo" pela categoria, que fará duas corridas, incluindo uma com grid invertido baseado nas posições finais dos pilotos nas quatro corridas anteriores disputadas em Berlim.

VÍDEO: Live com Ricardo Penteado: a vida de uma equipe de F1 por quem já esteve lá

PODCAST: O que a F1 deveria aprender com as demais categorias para melhorar?

 

F-E: Di Grassi fala sobre relacionamento com Abt e defende que ex-companheiro merece continuar no grid

Artigo anterior

F-E: Di Grassi fala sobre relacionamento com Abt e defende que ex-companheiro merece continuar no grid

Próximo artigo

Di Grassi avalia cenário da F-E, que decidirá campeão em 9 dias

Di Grassi avalia cenário da F-E, que decidirá campeão em 9 dias
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Autor Matt Kew