Di Grassi chama Vergne de "idiota" e francês rebate

compartilhar
comentários
Di Grassi chama Vergne de "idiota" e francês rebate
Por:
2 de jul de 2016 19:32

Líder do campeonato, Lucas di Grassi ficou furioso com Jean-Éric Vergne em decorrência do toque entre os dois na reta final da primeira bateria do ePrix de Londres e criticou piloto da Virgin, que não deixou barato e rebateu

The car of Jean-Eric Vergne, DS Virgin Racing
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Daniel Abt, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Lucas di Grassi, ABT Schaeffler Audi Sport
Jean-Eric Vergne, DS Virgin Racing

Quarto colocado na primeira bateria da rodada dupla do ePrix de Londres, realizada neste sábado (2), Lucas di Grassi não ficou nada satisfeito com a atitude de Jean-Éric Vergne na disputa pela terceira posição na parte final da prova.

Durante a batalha, os dois se tocaram e o brasileiro perdeu parte da asa dianteira, tendo de se contentar em se defender dos ataques de Sébastien Buemi. Após a corrida, di Grassi culpou Vergne pelo incidente.

Mais do que isso, o líder do campeonato disparou duras críticas contra o francês após saber que Vergne minimizou o incidente. "Isso prova o idiota que ele é. Ele não briga pelo título e deixou um espaço. Em outras situações ele não deu espaço e, quando ele fez isso, eu não ataquei", disse.

"Mas ali havia espaço, então eu coloquei por dentro ele jogou o carro em cima de mim. Não tive como evitar o toque: de um lado havia o muro, do outro havia o carro dele. Ele quase arruinou meu campeonato", disparou, para em seguida soltar palavras ainda mais duras.

"Sem dúvida não foi algo normal, eu jamais faria o mesmo com um adversário. Mas ele não tem nada a perder, não vai seguir na equipe e não sei o que ele vai fazer no ano que vem. Quase perdemos dez pontos por esse incidente, não creio que tenha sido algo correto", afirmou.

Vergne: di Grassi "fala demais"

Questionado sobre o incidente, Vergne culpou di Grassi pelo toque. Para o francês, a manobra do brasileiro foi irresponsável, ainda mais levando em consideração que tratava-se de um piloto brigando pelo título.

"Acho que ele fala demais às vezes e deveria focar em tentar conquistar o título. É ele quem está na briga pelo campeonato, não eu", rebateu.

"Ele sabe como sou, não deixo as pessoas ultrapassarem com facilidade, especialmente alguém que briga pelo título. Se ele acha que vai me pegar em uma armadilha, precisa ser um pouco mais esperto", rebateu o francês.

Reportagem adicional por Jamie Klein

Próximo artigo
Em dobradinha Prost/Senna, di Grassi é 4º e Buemi 5º

Artigo anterior

Em dobradinha Prost/Senna, di Grassi é 4º e Buemi 5º

Próximo artigo

2º, Senna celebra resultado: "confirmou nossa evolução"

2º, Senna celebra resultado: "confirmou nossa evolução"
Carregar comentários