Nissan: Não se pode "esquecer" Buemi por causa da seca de resultados

compartilhar
comentários
Nissan: Não se pode "esquecer" Buemi por causa da seca de resultados
Por:
8 de abr de 2019 14:30

“Ele voltará mais forte em Roma”, disse François Sicard, chefe da equipe do ex-campeão. Etapa italiana acontece no próximo fim de semana

Sebastien Buemi é um dos campeões da Fórmula E e uma referência entre os pilotos da categoria de carros elétricos, mas não vem bem no atual campeonato. Entretanto, sua equipe Nissan e.dams alerta que os rivais não podem "esquecer" o francês. “Ele voltará mais forte em Roma, tenho certeza”, disse François Sicard, chefe da escuderia.

Buemi está em 13º na classificação e não terminou no top-6 nas seis primeiras corridas da temporada. O ex-campeão caiu da liderança em Santiago, ficou sem energia no México depois de um erro de estratégia da equipe, abandonou com um problema de suspensão em Hong Kong e teve sua corrida de Sanya comprometida pelo sistema de freios após um acidente.

Leia também:

Sicard, porém, destaca que o ritmo do piloto na China mostra que ele dará a volta por cima: "Buemi começou na parte de trás e estava voando. Ele se recuperou, mas teve alguns problemas. Tivemos a punição de 10 segundos pela colisão com Robin Frijns, terminando em oitavo. Mas o ritmo estava lá”.

“Ele está empurrando muito. Não se pode esquecer dele. Buemi está sempre lá, mas pequenas coisas às vezes tornam o resultado difícil. Só que uma vez que ele consegue, ele estará sempre no topo”, disse. Já Buemi destacou o azar ao Motorsport.com, já que não tem conseguido traduzir o ritmo em um resultado.

Oliver Rowland, Nissan e.dams, celebrates on the podium

Oliver Rowland, Nissan e.dams, celebrates on the podium

Photo by: Zak Mauger / LAT Images

Seu companheiro Oliver Rowland está um lugar à frente na classificação, depois de ter conquistado a pole position e um pódio em Sanya. Chegando de última hora à Nissan, após a saída de Alexander Albon para a Fórmula 1, Rowland realizou apenas um dia de testes de pré-temporada em condições mistas, o que prejudicou sua adaptação à categoria.

"Para ser honesto, eu não esperava que Rowland fosse rápido tão cedo na temporada”, disse Sicard ao Motorsport.com. "Ele não estava envolvido nos testes de desenvolvimento e começou o teste coletivo no último dia, chovendo. Ele teve que conhecer o carro durante as corridas, o que não é o ideal, especialmente com a nova geração de monopostos, que são muito mais difíceis de dirigir”.

"Fiquei muito impressionado com o trabalho que ele está fazendo, ainda mais com um companheiro de equipe tão forte, que é uma referência para todos no campeonato. Eles estão se dando muito bem, com certeza Seb o ajuda e ficou muito à vontade para lhe dar alguns truques, o que fez com que ele aprendesse muito rapidamente. Estamos muito felizes, temos um bom grupo de pilotos no momento”, comemorou Sicard.

Perguntado se esperava brilhar em sua primeira temporada, Rowland foi comedido na resposta ao Motorsport.com: “É difícil dizer. Obviamente eu gostaria de pensar assim, mas ainda não espero isso. Eu esperava poder entrar e impressionar. Tenho muita sorte, pois estou em um bom time. É legal que eu possa mostrar minha habilidade”.

Próximo artigo
Paris renova acordo com Fórmula E para mais três anos

Artigo anterior

Paris renova acordo com Fórmula E para mais três anos

Próximo artigo

F1, MotoGP, Indy e F-E: veja a agenda do automobilismo na TV brasileira neste fim de semana

F1, MotoGP, Indy e F-E: veja a agenda do automobilismo na TV brasileira neste fim de semana
Carregar comentários

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula E
Evento ePrix de Roma
Pilotos Sébastien Buemi , Oliver Rowland
Equipes Nissan e.dams
Autor Tom Errington